Professores aderem à paralisação e escolas 'amanhecem' com aviso: 'Não haverá aula'

Categoria está concentrada na sede da ACP e diz que vai discutir possível greve a partir da próxima quinta-feira
| 11/03/2022
- 11:45
Professores aderem à paralisação e escolas 'amanhecem' com aviso: 'Não haverá aula'
Escolas 'amanheceram' fechadas e com aviso. Foto: Henrique Arakaki/Midiamax

Os municipais, em sua maioria, aderiram à paralisação nesta sexta-feira (11) e muitas escolas 'amanheceram' fechadas e com aviso: 'Não haverá aula'. A categoria, a partir das 8h, estará concentrada na sede da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais de Educação Pública) para discutir uma possível greve a partir do dia 17 de março. Em seguida, marcaram uma concentração na prefeitura, às 14h.

No dia anterior, o prefeito (PSD) alegou que os profissionais que faltassem ao trabalho teriam a falta descontada. Conforme o sindicato, a paralisação foi decidida há uma semana, durante assembleia. Na ocasião, a categoria analisou proposta enviada pela prefeitura, concedendo reajuste de 67% no salário e recusou o texto exigindo, ainda que com os mesmos valores, a derrubada de condicionantes presentes na proposta do executivo municipal. A exigência da categoria não foi aceita pela prefeitura.

whatsapp image 2022 03 11 at 07.44.47 1 - Professores aderem à paralisação e escolas 'amanhecem' com aviso: 'Não haverá aula'
Em algumas escolas, professores faltaram e disseram que vão repor a aula neste sábado (12). Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax

 

Sem saber ao certo do impasse, muitos pais levaram os filhos para as aulas e foram surpreendidos com avisos ou o local fechado. Na Escola Municipal Geraldo Castelo, por exemplo, localizada na rua Padre João de Souza, Jardim Monte Líbano, não havia nenhum professor, somente o aviso da paralisação da categoria. 

Já na Escola Municipal Arlindo Lima, localizada na rua Barão do Rio Branco, região central de Campo Grande, alguns professores aderiram e outros não. Desta forma, as crianças estão sendo recebidas e os pais também estão sendo avisados que alguns vão repor a aula, neste sábado (12). A Escola municipal Bernardo Franco Baís, na avenida Calógeras, está totalmente paralisada.

[Colocar ALT]
Escola municipal está fechada nesta sexta-feira (12).
Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax

Proposta escalonada

Durante as negociações de reajuste salarial junto aos professores da Reme (Rede Municipal de Ensino), a Prefeitura de Campo Grande enviou contraproposta à categoria na noite do dia 2 de março. Em ofício enviado para ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública), o executivo municipal oferece reajuste escalonado de 67,13%.

Os professores solicitavam aumento de 36,29%, com reajustes de 5% agora em março, 20,78% em maio de 2022 e 5,06% em outubro de 2022.

Ainda segundo a administração municipal, o escalonamento será da seguinte forma: 10,06% retroativo a fevereiro, 10,39% em novembro de 2022; 11,67% em maio/2023; 11,67% em outubro/2023; 11,67% em maio/2024 e 11,67% em outubro/2024.

 

Veja também

A orientação é para que os condutores e pedestres tenham atenção redobrada

Últimas notícias