Mato Grosso do Sul deve registrar chuvas abaixo da média nos próximos meses, ficando até 50% abaixo da média histórica. A previsão é de que o Estado siga em situação de seca, já registrada há meses.

De acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), nos meses de julho, agosto e setembro, a previsão é que as chuvas fiquem até 50% abaixo da média, que está entre 50 e 100 milímetros nas regiões do Bolsão e Pantanal.

Já no Cone-Sul, onde estão as cidades de Mundo Novo, Iguatemi e Eldorado, a média histórica está entre 200 e 300 milímetros.

Dados do Cemtec, com informações da ANA (Agência Nacional de Águas), apontam que 14 municípios foram enquadrados em situação de seca extrema no Mato Grosso do Sul.

Outros 15 municípios foram enquadrados em situação de seca grave, na condição de seca moderada aparecem 49 municípios e apenas Mundo Novo apresentou seca fraca. Os dados são referentes ao mês de maio.