O uso de máscaras no transporte coletivo de Campo Grande continuará obrigatório, conforme informou a Prefeitura Municipal, nesta sexta-feira (19), ao Jornal Midiamax. O Consórcio Guaicurus encaminhou, ontem (18), um ofício para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande) pedindo o fim do uso do acessório nos ônibus sob a justificativa que há brigas entre jovens e idosos.

“Muitos jovens não usam e os idosos cobram, porque é obrigatório ainda. Aí gera um atrito já por causa da questão. O motorista precisa parar, intervir. Tem acontecido bastante”, disse na ocasião o gerente executivo do Consórcio, Robson Strengari.

Em resposta ao Midiamax, a Prefeitura reforçou ainda o uso de máscaras para grupos mais vulneráveis à contaminação de Covid-19.  “É recomendado também o uso para pessoas que fazem parte do chamado grupo de risco, como idosos e pessoas com comorbidades, bem aqueles que apresentam sintomas gripais”, informou o órgão.

Situação da Covid em MS

Mato Grosso do Sul registrou 24 mortes por Covid-19 na última semana, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Atualmente, 45 pessoas estão hospitalizadas, sendo 32 em leitos clínicos e 13 em leitos de UTI. Outras 2.950 estão em isolamento domiciliar.

No total, desde o começo da pandemia, foram registradas 10.771 mortes, com média móvel atual de 3,4.