Na tarde desta segunda-feira (21), a Prefeitura de Campo Grande assinou termo de compromisso para a construção de viaduto no macroanel da Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo com a BR-163 – Avenida Alexandre Herculano. A construção terá prazo de 16 meses e será custeada pela Plaenge Urbanismo, sem custo aos cofres públicos.

Segundo o Município, a construção vai garantir rapidez ao trânsito na região do Jardim Veraneio e agilizar o acesso de condutores à rodovia, Uniderp Agrárias e Bairro Chácara dos Poderes.

O viaduto terá 60 metros e vai garantir espaçamento adequado para a futura duplicação do anel viário. Serão projetadas alças de acesso para permitir conversões, além de três vãos de 15 metros. 

Para a construção, a Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano) realizou Estudo de Impacto de Vizinhança, levando em consideração projeto da Plaenge que vai inaugurar novo empreendimento imobiliário na Chácara dos Poderes, onde estão projetados 1.667 lotes que serão implantados em seis etapas.

Em 6 anos, o novo residencial deve atrair mais 5 mil habitantes fixos e 2.170 flutuantes na região, multiplicando por sete a população atual da Chácara dos Poderes que, atualmente, tem 1.500 moradores espalhados por 1.490 hectares em 1,5 mil chácaras. A projeção é que, em 2028, a chegada destes moradores eleve significativamente a frota de veículos na região.

Segundo o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Rudi Fiorese, a construção vai evitar congestionamentos nos horários de pico na Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, já que a via é a única opção de acesso asfaltado à Chácara dos Poderes.

O viaduto projetado para a travessia do macroanel terá 496,58 metros de extensão distribuídos em 4 vãos de 15 metros, 17,10 metros de largura, espaço suficiente para duas pistas de tráfego, acostamento, ciclovia e faixa de pedestre. Além de alças de acesso que permitirão conversões nos dois sentidos.

Trânsito na região

Atualmente, com o fluxo regulado por semáforo, é proibida a conversão à esquerda, impedindo o acesso ao anel em direção à saída para Cuiabá para quem vem do Centro da cidade e para a saída de São Paulo para quem vem  da Chácara dos Poderes. Para o tráfego pela Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, a travessia do anel será  feita sob o viaduto e o fluxo de veículos em círculo no anel viário passará pela estrutura elevada.