Pedágio na MS-306 sofre reajuste e valores podem chegar a R$ 100,80

Valor do pedágio sofreu alteração, conforme portaria publicada pela Agems
| 07/04/2022
- 08:34
Pedágio na MS-306 sofre reajuste e valores podem chegar a R$ 100,80
MS-306 entre Costa Rica e Cassilândia - Arquivo

A Agems (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) aprovou a 1ª Revisão Ordinária da Tarifa Básica de pela utilização do sistema rodoviário da Rodovia MS 306, composta pelos trechos da rodovia estadual e da rodovia federal BR-359, explorado pela Concessionária Way 306. Com isso, os valores variam de R$ 11,20 até R$ 100,80. O valor mais alto é o cobrado para um caminhão com reboque, caminhão trator com semirreboque.

De acordo com a portaria publicada nesta quinta-feira (7), a Tarifa Quilométrica foi alterada para a categoria 1, de R$ 0,11910 para R$ 0,11924.

Porém, em consequência, foi mantida a Tarifa Básica de Pedágio, após arredondamento, em R$ 8,72. Com isso, foi aplicado o IRT (Índice de Reajustamento Tarifário) de 1,27864, sobre a Tarifa Quilométrica, que representa o percentual positivo de 11,32%, correspondente à variação do IPCA no período, com vistas à recomposição tarifária.

Portanto, a Tarifa de Pedágio foi reajustada e arredondada para a categoria 1, de R$ 10,00 para R$ 11,20. Vencedora da primeira concessão de rodovia estadual de Mato Grosso do Sul, a Way-306 opera em trecho de 219,5 km que liga Costa Rica a Cassilândia.

Confira a seguir, a tabela e veja como ficam os valores dos pedágios cobrados na rodovia:

pedagio ms 306 - Pedágio na MS-306 sofre reajuste e valores podem chegar a R$ 100,80
Novos valores cobrados no pedágio da MS-306

Veja também

Prefeitura de Campo Grande inicia novo trecho de obras na Rua Sete de Setembro, nesta...

Últimas notícias