Mulher se depara com cobra-de-duas-cabeças ao sair no quintal e aciona a polícia em Campo Grande

A moradora teria avistado o réptil no quintal de casa e imaginou se tratar de uma serpente
| 29/05/2022
- 18:53
cobra de duas cabeças
Militares utilizaram gancho especial para capturar o animal - (Foto: Divulgação/PMA)

Um réptil, conhecido como cobra-de-duas-cabeças, foi capturada neste domingo (29), após uma mulher encontrá-la no quintal de , localizada no bairro Vila Planalto, em Batayporã.

A , de 59 anos, teria avistado o réptil no quintal de casa e imaginou se tratar de uma serpente. Ela acionou a PMA (Polícia Militar Ambiental), que foi ao local e realizou a captura do animal.

De acordo com a PMA, o animal não peçonhento, mas possui mordida forte. Foi utilizado um gancho para a captura e a cobra-de-duas-cabeças foi colocada em uma caixa de contenção.

Ele não apresentava ferimentos e foi solto em uma reserva florestal distante da cidade.

A anfisbênia é chamada no Brasil principalmente por cobra-de-duas-cabeças, por ter a cauda arredondada. São répteis com escamas no corpo e não são lagartos e nem serpentes. É também chamado de mãe-de-saúva, ibirajara e ubijara.

*Matéria editada às 21:28 para correção de informação.

Veja também

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) detalha os dados do Cempre (Cadastro Central de Empresas)

Últimas notícias