tem novo caso suspeito de varíola dos macacos em São Gabriel do Oeste, 163 km de . Paciente está em internado em observação.

Conforme a presidente da Fundação de Saúde do Município, Michele Paupério, o paciente segue aos cuidados do e em isolamento. O paciente é homem e conforme a Saúde, ele não teve contato anterior com caso confirmado.

O paciente realizou exames e amostras foram encaminhadas ao Lacen. A presidente da fundação de Saúde explicou que o morador tem histórico de rubéola quando criança.

Com a nova suspeita, MS soma sete casos da Monkeypox, conhecida como varíola do macaco.

Em contato com a reportagem, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) informou não ter sido notificada sobre o caso.

Na terça-feira (19), dois casos suspeitos da doença foram registrados em Campo Grande. Os pacientes são homens e estão em isolamento domiciliar. Eles têm 36 e 27 anos de idade, com histórico de viagem a São Paulo.Segundo a nota, os indivíduos estão apresentando melhora clínica e seguem aguardando resultados laboratoriais.

Do total de casos suspeitos, Mato Grosso do Sul descartou três, outros três estão em investigação e um foi confirmado.

*Matéria editada às 19:48 para correção de informação.