MS define propriedades que receberão por serviços ambientais em municípios do interior

Fundo irá recompensar iniciativas particulares para conservação e restauração das florestas
| 25/05/2022
- 14:17
serviços ambientais
Imagem ilustrativa - (Foto: Divulgação/Governo de MS)

Foram divulgadas, nesta quarta-feira (25), as 42 propriedades habilitadas a receber recursos financeiros em troca de serviços ambientais prestados no entorno dos rios da Prata e Formoso, em Jardim e Bonito. A divulgação foi publicada no Diário Oficial do Estado.

Essas propriedades foram inscritas no Subprograma de PSA (Pagamento por Serviços Ambientais) e concorrem a um prêmio de R$ 942.849,85 oriundos do Funles (Fundo de Defesa e Reparação de Interesses Difusos e Lesados).

Após análise dos inscritos, foram homologadas as 42 propriedades habilitadas que serão, agora, convocadas para assinar os Contratos de Apoio em que concordam com a realização voluntária das ações de conservação consideradas necessárias após técnica.

A apresentação e assinatura dos contratos será na em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, 6 de junho, e uma vez que os proprietários desses imóveis concordem em executar essas ações suplementares, estão aptos a receber a primeira parcela em reconhecimento aos serviços ambientais que já vêm prestando.

De acordo com a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), o fundo subprograma PSA Uso Múltiplo Rios Cênicos vai recompensar iniciativas particulares que visem à conservação e à restauração das florestas e demais formas de vegetação natural privadas existentes.

Veja também

Últimas notícias