Barranco que aumenta a cada chuva preocupa moradores do Mandela: 'Cada vez mais difícil'

Moradora descreve que já tentaram assaltar sua casa, com sua família dentro
| 11/02/2022
- 18:09
Barranco que aumenta a cada chuva preocupa moradores do Mandela: 'Cada vez mais difícil'
Divulgação/Leitor Midiamax

Dona de casa e moradora da Comunidade do Mandela, Bruna Vilamaior de Farias relata ao Jornal Midiamax que a realidade do bairro está cada vez mais preocupante. Um dos problemas é um barranco que fica cada vez maior a cada chuva.

Bruna Vilamaior aponta que a comunidade está crescendo, mas não em famílias e sim em números de usuários de droga. A dona de casa conta que os roubos são constantes e que os moradores se veem de mãos atadas. "Estamos sendo vítimas de roubo e não podemos fazer nada", desabafa.

A moradora descreve que já tentaram assaltar sua casa, com sua família dentro. "Estamos a mercê dos usuários, as famílias saem de casa e voltam e não temos, botijão, ventilador, TV. Já me furtaram diversas vezes, não só eu, várias e várias famílias de bem que moram aqui. Eu moro só com minhas filhas, já tentaram entrar para roubar com a gente dentro". 

Além da problemática da segurança no bairro, Bruna também esclarece que a Rua Elmira Ferreira de Lima, próxima à ponte, possui um barranco que cada vez que chove cresce e se agrava. "Cada chuva o barranco cai para baixo, abrindo uma de quase 15 metros, próximo ao córrego", detalha. A dona de casa também relata que se preocupa com a segurança de sua família e que está cada vez mais difícil. "Cada chuva que vem faz um estrago, a agente de saúde veio ver para acionar a Defesa Civil, está cada vez [mais] difícil". 

Acionada pelo Jornal Midiamax, a SAS (Secretaria de Assistência Social) informou que abordagens de pessoas em situação de rua e usuário de drogas são feitas "de forma contínua e programa". 

A pasta reiterou que trabalha com a oferta de serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais, dentre eles, o Auxílio Brasil, que depende da análise após inserção no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

A SAS orienta a população, ao encontrar uma pessoa em situação de rua, a entrar em contato pelos telefones do SEAS que funcionam 24 horas: (67) 98404-7529 ou 98471-8149.

A Prefeitura Municipal também foi acionada para averiguar a situação do barranco na Rua Elmira Ferreira de Lima e esclarece que a rua está na programação de serviços da próxima semana da (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos). O espaço segue aberto para considerações. 

Quer enviar uma reclamação ou sugestão de pauta?

Fale com os jornalistas do Midiamax! O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do jornal no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

*Matéria alterada às 18h49 para acréscimo de posicionamento da SAS.

Veja também

Para participar do Sisu, estudantes precisam ter feito Enem 2021 e não ter zerado na redação

Últimas notícias