Uma recepcionista foi flagrada enquanto usava o site de vídeos Youtube durante o expediente, na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Jardim Itamaracá, em Campo Grande, nesta terça-feira (21).

O caso foi denunciado em post no grupo Aonde NÃO ir em Campo Grande-MS (Oficial) e gerou comentários de campo-grandenses. “Eu tinha dúvida para onde estaria indo o dinheiro dos meus impostos. Hoje eu descobri que é para pagar salário de funcionários para assistir filme no Youtube”, diz parte da postagem.

Nos comentários, a revolta era a mesma: “Fui lá semana passada. Uma má vontade para dar uma informação que só por Deus!”, escreveu uma internauta. “Em todos os posto é assim. Já cansei de ver”, comentou outra.

Procurada, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) respondeu, em nota, que a servidora foi advertida. “[…] lhe foi reforçado sobre a não utilização de equipamentos de forma recreativa durante o expediente”, diz o texto enviado ao Jornal Midiamax. A pasta também reforçou que o ato não prejudicou os atendimentos na unidade.