FGTS: trabalhadores nascidos em fevereiro já podem sacar até R$ 1 mil

Cerca de 3,2 milhões de trabalhadores poderão movimentar os valores nesta data pelo Caixa Tem
| 30/04/2022
- 11:26
FGTS: trabalhadores nascidos em fevereiro já podem sacar até R$ 1 mil
(Foto: Nathalia Alcântara/Midiamax)

Os trabalhadores nascidos em fevereiro já podem, a partir deste sábado (30), começar a sacar até R$ 1 mil de suas contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O dinheiro será liberado em etapas até 15 de junho, quando recebem os nascidos em dezembro. Cerca de 3,2 milhões de trabalhadores poderão movimentar os valores nesta data pelo Caixa Tem. Foram creditados aproximadamente R$ 2,2 bilhões nas Contas Social Digital.

O saque extraordinário do FGTS ocorrerá uma única vez, considerando o saldo disponível na data de realização do débito na conta do Fundo, até o limite de R$ 1 mil por trabalhador.  A fará o crédito em conta poupança social digital de titularidade do trabalhador. 

Após o crédito dos valores, já será possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, além de fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR code nas maquininhas, por meio do aplicativo Caixa Tem.

O valor também poderá ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco. O cliente também pode realizar transações por meio do Pix, além de efetuar saque nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

Conforme a Caixa Econômica, a maioria dos trabalhadores receberá o dinheiro automaticamente, na conta poupança social digital da Caixa. Caso o crédito do saque extraordinário não seja disponibilizado de forma automática, o trabalhador deverá acessar o App FGTS, no menu “saque extraordinário”, confirmar/complementar os dados cadastrais e clicar em “Solicitar Saque” para liberação do valor.

Além disso, o trabalhador precisa ficar atento à retirada do dinheiro. Os recursos estarão disponíveis até 15 de dezembro e voltarão para a conta vinculada do FGTS depois dessa data, caso o dinheiro não seja gasto, retirado ou transferido para conta corrente.

O trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque extraordinário do FGTS, para que sua conta do FGTS não seja debitada. Nesse caso, ele deverá acessar a nova versão do Aplicativo FGTS ou se dirigir a uma das agências do banco para informar que não quer receber o crédito.

Após a realização do crédito na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode, ainda assim, optar pelo desfazimento do crédito automático, também pelo app FGTS, até 10 de novembro de 2022.

O dinheiro não movimentado será restituído ao FGTS, com correção pelo rendimento do Fundo de Garantia correspondente ao período em que ficou parado na conta poupança digital.

Consulta

Para saber se receberá automaticamente o dinheiro ou se precisará pedir o saque, o trabalhador deve fazer uma consulta. O processo pode ser feito tanto no site fgts.caixa.gov.br quanto pelo aplicativo FGTS. O site informa apenas a data da liberação e se o crédito será feito de forma automática. O aplicativo tem mais funcionalidades, como a consulta aos valores, a atualização dos dados da conta poupança digital e o pedido para desfazer o crédito e manter o dinheiro na conta do FGTS.

Confira o calendário:

Nascidos em:Recebem a partir de:
Janeiro20/04 (qua)
Fevereiro30/04 (sáb)
Março04/05 (qua)
Abril11/05 (qua)
Maio14/05 (sáb)
Junho18/05 (qua)
Julho21/05 (sáb)
Agosto25/05 (qua)
Setembro28/05 (sáb)
Outubro01/06 (qua)
Novembro08/06 (qua)
Dezembro15/06 (qua)

Em caso de dúvida, os trabalhadores devem acessar o App FGTS, no menu “Saque Extraordinário”, ou ainda, os canais oficiais da Caixa, como o telefone 4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas, e o 0800 104 0104 para demais regiões.

Veja também

Vagas são destinadas a alunos do 1º ao 9º semestre

Últimas notícias