Abertas as inscrições de especialização a distância em Atendimento e Educação de Surdos na UFMS

São oferecidas 300 vagas, sendo 60 destinadas para ações afirmativas
| 17/07/2022
- 21:43
Abertas as inscrições de especialização a distância em Atendimento e Educação de Surdos na UFMS

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da especialização em Atendimento e Educação de Surdos em Espaços Escolares. São oferecidas 300 vagas, sendo 60 destinadas para ações afirmativas.  A formação tem por objetivo contribuir para a formação continuada de professores que atuam nos Sistemas de Ensino da Educação Básica, e nos atendimentos especializados da área de Educação bilíngue de surdos.

A inscrição é gratuita e deve ser feita no portal posgraduacao.ufms.br, até 25 de julho. No ato da inscrição é necessário, digitalizar e anexar: comprovante de atuação na rede pública de ensino; uma foto 3×4; diploma de graduação, frente e verso, ou que o vai concluir o curso no semestre de início da especialização; histórico escolar de graduação, devidamente assinado e carimbado pela instituição de ensino superior; documento de identificação (RG, CNH ou carteira funcional) e CPF; certidão ou registro de nascimento ou casamento; título de eleitor; comprovante de endereço atualizado; registro nacional de estrangeiro ou passaporte e certificado de reservista (candidatos do sexo masculino).

O curso tem carga horária de 360 horas com duração de 12 meses, e conta com seis disciplinas obrigatórias, além do trabalho de conclusão de curso.

Mais informações estão disponíveis nos editais que podem ser conferidos também no portal da Faed.

Tutores

A Especialização em Atendimento e Educação de Surdos em Espaços Escolares também está com inscrições abertas para o processo seletivo simplificado e formação de cadastro de reserva para tutores .

As inscrições podem ser feitas até 22 de julho, acessando este link.

 Para se candidatar é necessário: ter formação em nível de graduação em licenciatura (qualquer área); curso de Libras básico ou pós-graduação em Educação Especial ou Educação Inclusiva, com foco na temática surdez ou em Letras-Libras, ou em docência, tradução e interpretação em Libras; ter disponibilidade de 20 horas semanais; possuir habilidade no uso de computadores no ambiente Windows ou Linux e facilidade de acesso aos recursos de conectividade à Internet; entre outros requisitos. Os selecionados receberão uma bolsa mensal de R$ 765.

Veja também

Os pagamentos com cartões de crédito e débito cresceram 36,5% no primeiro semestre deste ano...

Últimas notícias