Emissões de CNHs crescem 29% no início deste ano em Mato Grosso do Sul

Comparado com janeiro de 2021, início do ano teve mais de 4,3 mil carteiras emitidas
| 13/02/2022
- 18:00
Reprodução
Reprodução

O número de emissões de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em cresceu 29% no mês de janeiro, comparado com o mesmo período do ano passado. Somente neste início de ano, foram emitidas mais de 19 mil licenças para dirigir em MS.

Conforme dados do (Departamento Estadual de Trânsito), em janeiro de 2021, foram emitidas 14.885 carteiras, enquanto em janeiro de 2022, foram 19.207 permissões para conduzir veículos. No mês de fevereiro de 2021, 15.144 CNHs foram emitidas, enquanto nos primeiros dias do mês em 2022, foram mais de 5 mil licenças. 

Outro dado que chama atenção é em relação à emissão anual. Em 2020, período mais crítico da pandemia, o Detran encerrou o ano com 223.579 CNHs emitidas, quando comparado com 2021, foram 231.107 carteiras, ou seja, um aumento de 3,3%.

Sobre a quantidade de carteiras vencidas, MS tem 306.509 habilitações vencidas atualmente, sendo 15.507 vencidas há menos de 30 dias; 77.551 vencidas há mais de 30 dias e menos de um ano; 82.627 vencidas até cinco anos e 130.824 sem renovação há mais de cinco anos.

Prazo para renovação retorna ao normal

Os prazos para renovação da CNH, que estavam estendidos devido à pandemia da covid-19, agora voltam ao normal para os documentos que vencerem na vigência de 2022.

O condutor que teve o documento vencido em janeiro do ano passado, por exemplo, tem até janeiro deste ano para a renovação. O mesmo é válido para os demais meses de 2021.

Já quem tiver o documento vencido em 2022 tem até 30 dias após o vencimento para regularizar a sua situação, e não sofrer nenhum tipo de autuação caso seja abordado em uma fiscalização de trânsito.

Entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021, 1.101.651 CNHs venceram. Deste total, 23% dos condutores ainda não renovaram, porém, 77% do total, o que representa 851.089 condutores optaram por colocar a documentação em dia.

Condutores com CNH suspensa ou cassada 

Portaria do Detran-MS, publicada nesta quarta-feira (9), divulgou a relação de condutores que tiveram as CNHs suspensas ou cassadas. A publicação divulga a penalidade aos condutores mencionados. Há pessoas que tiveram a CNH suspensa por dois meses, outras por 12 meses e cassação da carteira por 24 meses. A relação da cassação tem 211 páginas, em suplemento divulgado pelo Detran-MS.

Para conferir a lista, clique aqui.

Veja também

O Sampaio Corrêa segue invicto no Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela Série B...

Últimas notícias