Com estoque baixo, Hemosul aposta em arraial para atrair doadores em Campo Grande; entenda

Nesta terça é realizada Dia Mundial do Doador de Sangue
| 13/06/2022
- 17:58
hemosul sangue
Ação ocorre em toda a rede - (Foto: Divulgação)

É comemorado, nesta terça-feira (14), o Dia Mundial do Doador de Sangue. Em Campo Grande será realizado o 4º Arraiá do Hemosul, que oferecerá comidas típicas de festa juninas para os doadores.

A ação ocorre das 7h às 17h. De acordo com Hemosul, no momento é registrada falta do tipo O negativo, mas é necessária a doações de outros tipos, pois as plaquetas duram apenas cinco dias, tornando o estoque escasso.

As comemorações ocorrerão em todas as unidades da rede: que são Hemosul Coordenador, Santa Casa, Hospital Regional, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas e Paranaíba.

Para realizar a doação, é necessário possuir entre 16 e 69 anos. Vale ressaltar que menores precisam estar acompanhado dos responsáveis e a primeira doação só pode ocorrer até os 60 anos, a partir de 61 apenas para quem já é doador.

O interessado também deve possuir no mínimo 51 quilos. No momento da doação, é necessário que a pessoa estava alimentada e hidratada, além de portar documento com foto original.

Dúvidas sobre a doação

Ao decidir se tornar um doador, diversas pessoas possuem dúvidas e receios sobre o procedimento e outros assuntos. Confira alguns esclarecimentos:

Quais são os impedimentos temporários para doar sangue?

  • Gripe, resfriado e febre: aguardar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional;
  • Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
  • Amamentação: até 12 meses após o parto;
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação);
  • Extração dentária: 72 horas;
  • Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes: 3 meses;
  • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem seqüelas graves, tireoidectomia, colectomia: 6 meses;
  • Transfusão de sangue: 1 ano;
  • Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina;
  • Exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos 6 meses;
  • Ter sido exposto a situações de risco acrescido para infecções sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses após a exposição).

Quais são os impedimentos definitivos para doar sangue?

  • Ter passado por um quadro de após os 11 anos de idade
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas ao vírus HTLV 1 e 2 e Doença de Chagas
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis
  • Malária

Qual o intervalo entre doações de sangue?

  • Homens: de 2 em 2 meses, sendo, no máximo, 4 vezes ao ano;
  • Mulheres: 3 em 3 meses, sendo, no máximo, 3 doações anuais.

Qual a quantidade de sangue doado?

  • Uma pessoa adulta tem, em média, 5 litros de sangue. Em cada doação, o máximo de sangue retirado é de 450 ml.

Veja também

Corpo de Bombeiros foi acionado para um incêndio de grandes proporções em vegetação de um...

Últimas notícias