Com 9 mortes e aumento de 100% nos casos de dengue, ações de combate serão reforçadas em MS

SES realizou reunião que contou com 40 entidades públicas e privadas para discutir enfrentamento a dengue e arboviroses, nesta terça-feira (24)
| 24/05/2022
- 15:45
Com 9 mortes e aumento de 100% nos casos de dengue, ações de combate serão reforçadas em MS
Foto: Bruno Rezende/Governo de MS

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) realizou uma reunião com representantes do Comitê Estadual de Arboviroses, formado por 40 entidades públicas e privadas, para discutir o enfrentamento a Dengue, Zika e Chikungunya em Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (24). Em alerta devido às 9 mortes registradas em MS e o aumento de 100% dos casos de dengue no país, ações de combate serão reforçadas no estado.

De acordo com o secretário de estado de saúde, Flávio Britto, a reunião é importante para decidir os próximos passos. "Sabemos que é uma guerra antiga, todos nós sabemos, sem exceção, em qualquer município do Estado, do que é preciso para ser feito no combate a essas doenças. Se a gente tirar pelo menos 15 minutos por semana para limpar as nossas casas e terrenos, isso já faz muita diferença. Infelizmente, já temos nove óbitos registrados, então, é importante que todos nós estejamos engajados nesta luta", destaca.

O consultor técnico das Arboviroses do Ministério da Saúde, Pablo Fontoura, aponta que houve um aumento de 100% dos casos de dengue no país. "Percebemos que em Mato Grosso do Sul não foi diferente. É por isso que nós queremos fortalecer a vigilância, assistência e o controle vetorial de Mato Grosso do Sul", explica.

Segundo o assessor militar da SES, as entidades que fazem parte do Comitê Estadual são fundamentais para o enfrentamento às arboviroses no estado. "Nós esperamos que estas entidades possam nos ajudar a desenvolver ações de combate a essas doenças, principalmente no período de 20 a 24 de junho – durante a semana de conscientização do enfrentamento da Dengue. Em especial, no dia 24 de junho, faremos em parceria com os municípios, ações de limpeza naqueles municípios que possuam maior incidência da doença", comenta.

Alguns representantes do Ministério da Saúde estão presentes em Mato Grosso do Sul para fortalecer as ações de vigilância e controle vetorial, bem como, a gestão de insumos, capacitação do manejo clínico e laboratorial e debate do panorama das doenças no estado. Os técnicos permanecerão em MS até a próxima quinta-feira (26) e participam de diferentes atividades de enfrentamento.

Cronograma:

25/05 (quarta-feira)

Público-alvo: Enfermeiros, médicos, auxiliares de enfermagem, LACEN e demais profissionais da saúde do Estado e municípios

9h – Manejo Clínico e Vigilância Laboratorial (Rivaldo Venâncio - Fiocruz/RJ)

11h – Discussão

12h00 – Almoço

14h00 – de óbitos (Eduardo Lana e Sulamita Brandão – técnicos da CGARB)

Público-alvo: Profissionais da saúde do Estado, municípios e profissionais do hospital privado e regional de Campo Grande.

26/05 (quinta-feira)

8h – Equipe técnica da SES e Ministério da Saúde – visita técnica na e Unidade de Saúde de Jaraguari/MS.

9h – Equipe Ministério da Saúde - Visita ao LACEN

12h00 – Almoço

14h00 – Visita Técnica – Ministério da Saúde na Unidade de Saúde de Campo Grande – SESAU - Exercício prático – investigação de óbitos.

17h – Reunião de encerramento e encaminhamentos

Veja também

Orientação é beber bastante água e evitar exposição ao sol

Últimas notícias