Cotidiano

Campo Grande segue com 74 casos confirmados de H3N2 neste domingo

Até a última sexta-feira a Capital tinha 42 casos, mas número subiu para 74

Anna Gomes Publicado em 02/01/2022, às 09h10

Tenda foi montada na UPA do Jardim Leblon.
Tenda foi montada na UPA do Jardim Leblon. - Marcos Ermínio/ Mídiamax

Campo Grande continua com 74 casos confirmados da cepa H3N2 neste domingo (2), conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Na sexta-feira (31), a Capital tinha 42 casos da doença, mas o número subiu para 74 neste sábado (1), e continua o mesmo até a manhã de hoje.

Campo Grande registra uma morte causada pela cepa. O óbito registrado na cidade foi de um jovem, de 21 anos, que deu entrada no CRS Nova Bahia no dia 20 de dezembro e faleceu no dia 21 de dezembro. O paciente morava em Capital e não apresentava histórico de comorbidades. Além do rapaz, outras duas pessoas já morreram no Estado devido a cepa.

Tentando barrar a H3N2, na última quarta-feira (29), o Prefeito de Campo Grande anunciou a criação de 20 tendas que estão sendo montadas em dez unidades de saúde como forma de prevenção ao crescente número de casos de H3N2. O Chefe-do- Executivo contratou 30 novos médicos e renovou os contratos com outros 90 profissionais.

Ao todo são 20 tendas que serão distribuídas em 10 unidades de saúde. Ainda segundo a Sesau, até a manhã deste domingo, elas só haviam sido montadas nas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon e a do Bairro Universitário.

Jornal Midiamax