VÍDEO: Sem coleira, pitbull e mais dois cachorros atacam yorkshire em área nobre de Campo Grande

Animal está internado em clínica veterinária e sofreu fraturas. Já o dono da dos outros cachorros teria ido embora do local sem prestar apoio, segundo família
| 23/04/2022
- 13:18
Ataque de cachorros na Capital
Cachorro ficou ferido e está internado após ataque (Foto: Reprodução/Imagens de Segurança)

Uma família residente em condomínio do bairro Santa Fé passou por momentos de terror na manhã deste sábado (23), em Campo Grande. Moradora da região, uma mulher de 55 anos saiu de para passear com o seu cão, da raça Yorkshire, quando o animal foi atacado por outros três cachorros, sendo um deles pitbull. Os cachorros que brigaram com o Yorkshire estavam sem coleira.

Ao Jornal Midiamax, a filha da mulher contou como tudo aconteceu. De acordo com a veterinária, de 28 anos, a mãe saiu de casa por volta de 6h da manhã para levar o pequeno Biel, pet da família que tem 13 anos, para passear em frente ao condomínio. Nessa hora, a moradora avistou de longe os três cachorros com o dono vindo em sua direção e decidiu retornar para casa.

Ataque dos cachorros

No momento em que abriu o portão, o correu para o local e atacou o yorkshire. Em seguida, os outros dois cães sem raças definidas também partiram para o ataque. No vídeo, é possível ver que o impacto da briga é tão grande, que a mulher se desequilibra, cai e o yorkshire é levado pelo trio de cães.

Ela levanta e tenta resgatar o animal, mas se desequilibra e cai de bruço no chão. Em seguida, uma outra moradora tenta ajudar e arremessa um cone na direção dos cachorros para tentar apartar a briga, mas o yorkshire é, novamente, levado embora enquanto a dona se recupera da queda.

De acordo com a veterinária, o animal foi resgatado por moradores da região. Por outro lado, segundo ela, o dono dos três cães não se manifestou sobre o ocorrido, não teria ajudado e foi embora. A família alega não conhecer o homem, mas que já avistou ele passeando com os animais em outros momentos.

“A gente tá bem indignado com a situação [...] foi bem assustador”, contou a filha da mulher, que também mora no condomínio.

Confira as imagens de segurança que gravaram o ocorrido. O vídeo foi borrado por ser de conteúdo sensível.

Fraturas e escoriações

Depois de ter sido mordido, abocanhado e arrastado pelos cães, o pequeno Biel está internado numa clínica veterinária da Capital. Segundo a dona do animal, ele teve fratura na mandíbula, possível fratura na costela e inúmeras escoriações na pele. Biel precisará de pontos para tampar as feridas.

Até o momento da publicação desta reportagem, yorkshire segue internado recebendo tratamento. O dono dos três cães ainda não foi identificado, mas o Jornal Midiamax deixa o espaço aberto para eventuais manifestações.

Veja também

Em um dia de nervosismo global, o dólar superou a barreira de R$ 5,20 e...

Últimas notícias