Auxílio Brasil: novo cartão terá chip e função débito para compras

Os beneficiários poderão também movimentar a conta e controlar as despesas
| 22/07/2022
- 10:27
Auxílio Brasil: novo cartão terá chip e função débito para compras
Modelos do cartão bancário do Auxílio Brasil. — Foto: Ministério da Cidadania/Divulgação

Os beneficiários do Auxílio Brasil terão acesso, gradativamente, a um novo cartão do programa de transferência de renda do . A versão modernizada tem chip na função débito, que permite aos usuários realizar compras, acompanhar e movimentar a conta, controlar despesas, além de permitir pagamentos e saques totais ou parciais do benefício.

O objetivo é agregar eficiência ao pagamento do Auxílio Brasil, dar mais liberdade aos beneficiários e ampliar as ferramentas de segurança. Isso porque a tecnologia de chip de contato reduz riscos de clonagem.

Num primeiro instante, vão receber os cartões beneficiários do programa na modalidade poupança social digital. A emissão ocorre de forma gradual para um público estimado de 6,6 milhões de famílias que ingressaram no programa a partir de novembro de 2021. Neste primeiro mês, a previsão é de que sejam emitidos 3,2 milhões de cartões.

Para a definição do público prioritário, levou-se em conta a qualidade dos canais de pagamento disponíveis em cada local, com foco em municípios que não apresentam canal de pagamento da Caixa ou que tenham canais de pagamento sobrecarregados.

Como proceder

Quando o usuário recebe o cartão, a senha para uso pode ser cadastrada em unidades lotéricas, agências da Caixa e pelo aplicativo Caixa Tem. Com a nova ferramenta, o usuário poderá fazer compras sem burocracia em mercados, farmácias, lojas, postos de e estabelecimentos que aceitam cartões na função débito.

O Ministério da Cidadania realiza a gestão, acompanhamento, avaliação e auditoria da execução dos serviços relacionados à ação de emissão de cartões. A Caixa Econômica Federal é responsável pela produção dos cartões e por encaminhar e atender aos usuários.

O Auxílio Brasil garante um repasse mínimo mensal de R$ 400 a mais de 18 milhões de famílias em todo o país, de acordo com informações de junho de 2022. O investimento do Ministério da Cidadania para realizar o pagamento mensal supera os R$ 7 bilhões.

*com informações Ministério da Cidadania

Veja também

Tutora do Batata, da raça "gato-de-bengala", procura pelo animal que desapareceu nas mediações da Rua...

Últimas notícias