Amhasf divulga nova lista com 83 moradores do Moreninha III para regularização fundiária

Processo regula situação de ocupação clandestina e irregular no bairro mais populoso de Campo Grande
| 05/05/2022
- 09:01
Bairro Moreninhas/regularização
Bairro Moreninhas (Foto: Reprodução) - Foto: Reprodução.

A Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários) divulgou nesta quinta-feira (5), no Diogrande, uma nova lista de do Moreninha III, em Campo Grande, com a regularização fundiária disponível.

A listagem publica o nome de 83 moradores, para iniciar o processo de emissão da certidão de regularização do imóvel e que, finalmente, terão direito a posse definitiva do local de moradia.

Segundo o Governo do Estado, o procedimento será feito após 37 anos, com autonomia da (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) e feito em parceria com o município. Ainda no ano passado, os moradores foram atendidos para reduzir as irregularidades dos imóveis.

O processo deve regularizar, na modalidade urbana, a autarquia dos documentos imobiliários para aproximadamente 500 famílias, dando segurança e tranquilidade, pois atualmente as famílias possuem somente a posse, e em breve, com a emissão da CRF (Certidão de Regularização Fundiária), os beneficiários serão legítimos proprietários de seus imóveis.

A regularização deve contemplar as quadras da região: 04, 05, 07, 08, 09, 11, 13, 23, 24, 25, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38, 39, 42, 43, 44, 45, 46,47, 48, 49, 50, 51, 52, 53, 54, 55, 57, 58, 59, 60, 61 e 62.

Clique aqui e confira a lista completa.

Regularização fundiária dará início para construção de shopping
Regulamentação fundiária dará início para construção de shopping. (Foto: Divulgação)

Regularização fundiária e futuro Shopping Moreninha

A regularização dos imóveis movimenta para a construção do Shopping Plaza Moreninha, do grupo paulista Ícone Costa Hirota, depende agora apenas da remoção de algumas famílias em ocupação irregular, segundo informou ao Jornal Midiamax, em 2019, o titular da Segov (Secretaria de Governo e Relações Institucionais) Antônio Lacerda.

Na ocupação em questão, havia cerca de 60 famílias, mas a maior parte já foi removida para o Residencial José Maksoud, inaugurado em 2014 na Moreninha IV. Atualmente, estima-se que apenas seis famílias permaneçam no local.

O shopping deve ficar pronto em até 24 meses após o início das obras e deve gerar, após sua construção, mais de 3 mil empregos diretos. O Plaza Moreninha será construído em área de cerca de 73 mil m², na Rua Ipamerim, nas Moreninhas II, ao lado do Banco do Brasil. O projeto apresentado em 2017 prevê 124 lojas, sendo duas âncoras, praça de alimentação, um supermercado e cerca de 770 vagas de estacionamento. O investimento é estimado em cerca de R$ 100 milhões.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste captura serpente em ferro velho...

Últimas notícias