Acidentes em rodovias federais crescem 6,5% em MS; saiba qual é a mais ‘violenta’

O número de mortes em acidentes nas rodovias também registrou aumento
| 20/02/2022
- 19:15
Acidentes em rodovias federais crescem 6,5% em MS; saiba qual é a mais ‘violenta’
Marcos Ermínio, Midiamax/de arquivo

Mato Grosso do Sul é cortada por 12 rodovias federais e, conforme levantamento, 2021 foi o mais violento nas pistas nos últimos três anos. Dados da CNT (Confederação Nacional do Transporte) mostram que os acidentes cresceram 6,5% em um ano.

De acordo com o painel da confederação, foram registrados 1.539 acidentes em rodovias federais em 2020, enquanto em 2021, foram 1.640. A menor quantidade de acidentes nas rodovias foi registrada em 2019, com 1.435 ocorrências.

O número de pessoas feridas nos acidentes também cresceu. Foram 1.702 feridos em acidentes no ano de 2020 e 1.821 em 2021. Um crescimento de 6,9% em um ano.

Nos últimos quatro anos, 2021 também foi o ano que mais registrou acidentes com morte no Estado. Foram 143 pessoas mortas em acidentes em 2021 e 139 em 2020. O ano em que mais morreram pessoas nas rodovias federais foi 2013, quando 233 pessoas perderam a vida em acidentes.

dados acidentes - Acidentes em rodovias federais crescem 6,5% em MS; saiba qual é a mais ‘violenta’

Rodovia mais 'violenta'

Por ser uma das maiores rodovias do Estado, a é a que mais registra acidentes ao longo dos anos, conforme informou a PRF (Polícia Rodoviária Federal) por meio de dados ao Jornal Midiamax. Do total de acidentes registrados em rodovias federais, 806 foram na 163. Além de 855 feridos e 59 mortes.

Em dezembro de 2021, por exemplo, uma família que morava em Várzea Grande (MT), morreu em acidente na BR-163. A família seguia em um Gol, de cor preta, sentido Coxim, quando durante uma tentativa de ultrapassagem bateu de frente contra um caminhão. A família ficou presa entre as ferragens e morreu no local, antes mesmo que uma equipe de resgate pudesse fazer os primeiros atendimentos.

Também na rodovia 163, no dia 16 de dezembro, dois acidentes envolvendo carretas e caminhões aconteceram com apenas 16 km de distância um do outro. O primeiro acidente aconteceu no KM-478, do macroanel da BR-163, quase em frente ao residencial Damha III, região próxima ao Maria Aparecida Pedrossian. Os dois veículos colidiram de frente, nas proximidades do Posto Caravágio.

A 16 quilômetros dali, no KM-494, aconteceu outro acidente, envolvendo uma carreta boiadeira e um caminhão carregado com grama. O choque entre os dois veículos ocorreu quatro quilômetros após o Shopping Bosque dos Ipês, na saída para Cuiabá (MT).

Veja também

Lei federal determina devolução de tributos cobrados a mais dos consumidores

Últimas notícias