Cotidiano

Vítima de infarto, diretor-presidente da Usina Sonora morre aos 71 anos

Francisco Giobbi estava em rancho da família no interior paulista e sofreu infarto fulminante; paróquia de Sonora fará missa em homenagem a empresário

Humberto Marques Publicado em 21/06/2021, às 17h56

Francisco Giobbi sofreu um infarto fulminante na manhã desta segunda-feira
Francisco Giobbi sofreu um infarto fulminante na manhã desta segunda-feira - Reprodução

Faleceu na manhã desta segunda-feira (21) o diretor-presidente da Usina Sonora, Francisco Giobbi. Aos 71 anos, ele foi vítima de um infarto fulminante por volta das 8h em seu rancho em Tatuí (SP).

Giobbi dirigiu a Usina Sonora ao longo de quase 45 anos, após aquisição da antiga Usina Aquárius. O avanço da planta industrial foi um dos impulsionadores do então distrito de Pedro Gomes, que se converteu em município em 1988.

A Prefeitura de Sonora –a 364 km de Campo Grande– informou que decretará luto oficial pela morte de Francisco Giobbi. Em nota, manifestou “o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento do empresário Francisco Giobbi”.

“Seu legado não será esquecido, sua contribuição para o crescimento de Sonora sempre será lembrada por todas as gerações que aqui viverem”, prossegue o texto, ao garantir que a cidade será “eternamente grata por sua generosidade, trabalho e dedicação”.

A Câmara Municipal de Sonora também emitiu nota de pesar pela morte de Giobbi. “Seu legado ímpar será eterno nos corações das famílias sonorenses, devido a sua trajetória de luta e comprometimento por uma cidade que tanto amou”, destaca comunicado, “Sonora inteira lamenta sua perda”.

A administração da Usina Sonora lamentou o falecimento. “Nestes quase 45 anos de empresa, temos orgulho de ter como principal fundamento os sonhos, propósitos e objetivos de um homem honrado, profissional dedicado, e um ser humano preocupado em fazer de uma cidade inteira parte de sua família”, pontuou.

“Nós enquanto colaboradores externamos nossa gratidão e profunda tristeza por uma perda irreparável e nos unimos em oração pela família e amigos enlutados”, complementou. Giobbi deixa a mulher, dois filhos e netos.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Sonora, anunciou que realizará às 18h30 missa presencial e online em memória de Francisco Giobbi, com transmissão pela página da comunidade católica no Facebook. (Com agências)

Jornal Midiamax