Cotidiano

VÍDEO: Lotação causa demora em atendimento e Sesau explica movimento atípico em UPAs

Paciente alegam ser necessário esperar horas para serem atendidos na UPA Universitário

Gabriel Neves Publicado em 28/12/2021, às 17h29

Corredores estavam lotados no local
Corredores estavam lotados no local - (Foto: Reprodução/Fala Povo)

Pacientes que buscam atendimento médico no UPA Universitário, em Campo Grande, estão relatando problemas relacionados a demora e lotação nesta terça-feira (28).

Thaís Raquel, de 25 anos, acompanhava o namorado no local e reclamava na demora para ao atendimento médico. “Assim que chegamos ele passou pela triagem, pensei que seria rápido, mas não tem médico nenhum chamando”, disse.

Vídeo enviado ao Jornal Midiamax mostra o saguão de espera lotado, com pessoas em pé na espera por atendimento. Relatos indicam que haviam diversas crianças com febre no local.

Em nota, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) explicou que as unidades de saúde de Campo Grande têm recebido um movimento atípico nestes dias de final de ano.

Também foi afirmado, que às 15h47 a ficha mais antiga foi registrada às 12h10, o que ainda estaria no prazo protocolar, que pode ser de até 4h dependendo da classificação de risco.

Ainda em nota, a secretaria explicou que a lotação é causada pelos acompanhantes e afirmou que a unidade conta com seis médicos clínicos gerais e quatro pediatras.

Jornal Midiamax