Cotidiano

VÍDEO: Chuva alaga avenidas e furgão fica preso em enxurrada em Campo Grande

Depois da tempestade que causou alagamentos em Campo Grande na noite de terça-feira (12), a chuva retornou na manhã desta quarta-feira (13) e causou transtornos em vários pontos. Os principais relatos chegam da região sul, principalmente região do Bairro Aero Rancho. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), no intervalo das 11h às 12h choveu […]

Gabriel Maymone Publicado em 13/01/2021, às 12h30 - Atualizado às 17h50

Furgão ficou preso em enchente na Avenida Gunter Hans. (Imagem: Reprodução)
Furgão ficou preso em enchente na Avenida Gunter Hans. (Imagem: Reprodução) - Furgão ficou preso em enchente na Avenida Gunter Hans. (Imagem: Reprodução)

Depois da tempestade que causou alagamentos em Campo Grande na noite de terça-feira (12), a chuva retornou na manhã desta quarta-feira (13) e causou transtornos em vários pontos. Os principais relatos chegam da região sul, principalmente região do Bairro Aero Rancho.

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), no intervalo das 11h às 12h choveu 21,8mm em Campo Grande. À meia-noite, a estação havia captado 28mm de precipitação.

Na Avenida Gunter Hans esquina com a Avenida Campestre, no Bairro Aero Rancho, um furgão ficou preso no meio da enxurrada. Já na Avenida Guaicurus, o alagamento interditou a pista lateral, impossibilitando o trânsito de veículos. Alguns moradores não conseguem sair de casa com veículos.

Vários pontos de alagamento se formaram em ruas do Bairro Aero Rancho, inclusive na lateral do Parque Airton Senna.

No Jardim Morenão, a Rua Rivaldir Albert foi tomada pela água, situação recorrente no local, segundo moradores. “Vira esse lago aqui, como sempre”, reclamou um morador.

Veja o vídeo:

Alerta

O Inmet emitiu alerta para chuvas intensas em Campo Grande, com possibilidade de volumes até 100mm de chuva. Há risco de ventania com rajadas de até 100km/h, que pode ocasionar em queda de árvores.

Fez registro da chuva? Mande para nosso WhatsApp

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax