Cotidiano

Às vésperas do Dia das Mães, floriculturas e lojas vendem cestas de café até por aplicativo em MS

Sem poder encontrar mães na pandemia, cestas também são opção de presente para filhos que moram fora do Estado

Mylena Rocha Publicado em 06/05/2021, às 14h00

Com chocolates e pães ou doces caseiros, há diversas opções de cestas para presentear as mães.
Com chocolates e pães ou doces caseiros, há diversas opções de cestas para presentear as mães. - Reprodução

O Dia das Mães, uma das melhores datas para o comércio, está próximo e começa a correria dos filhos por uma opção de presente. Para ajudar, floriculturas e lojas têm disponibilizado opções até mesmo nos aplicativos de comida em Campo Grande. As cestas de café se tornam uma opção de presente não só para quem já quer agradar a mãe logo no início da manhã, mas também para os filhos que moram longe.

Com opções de cestas de R$ 129 por até R$ 400, floriculturas têm anunciado cestas de café nos aplicativos, como o iFood. Há variedade, com cestas mais simples, com biscoitos, pães e café, até cestas mais rebuscadas com chinelo, caneca e bichinho de pelúcia em homenagem às mães, além do tradicional buquê de rosas. 

Uma das empresárias do setor, que preferiu não se identificar para a reportagem, contou que trabalha com cestas de café da manhã há 20 anos e que as cestas são o ‘best-seller’ na loja na época do Dia das Mães. Ela acredita que as vendas serão boas, mesmo com a pandemia.

Como o Dia das Mães é uma das datas mais importantes para as floriculturas, os preparativos estão a todo vapor. As encomendas já começaram, mas também há clientes que deixam para a última hora. “As cestas já vêm prontas, mas temos vários modelos, são personalizados. Neste ano, entramos para os aplicativos, as vendas estão indo bem”, disse.

Outra alternativa para facilitar a compra são as vendas pelo WhatsApp. Assim, o cliente entra em contato e solicita a entrega da cesta no domingo do Dia das Mães. Com a pandemia de coronavírus, a cesta se tornou uma ótima opção de presente para quem não pode marcar presença na data especial. 

A empresária Elda Moreira é dona de um serviço especializado em cestas de café da manhã e tarde. Enquanto algumas lojas trazem cestas com biscoitos e pães industrializados, Elda garante que produtos cadeiros também agradam. “O meu trabalho é diferente das floriculturas porque é realmente um café da manhã, eu gosto muito de trabalhar com isso. Tudo que vai na cesta, os bolos, os biscoitos, são caseiros, eu que faço”, conta. 

Elda explica que as cestas também são muito procuradas pelos filhos que moram fora de Campo Grande. Assim, eles conseguem agradar as mães na data especial apesar da distância. “Com as restrições na pandemia, as pessoas não podem se reunir e optam por mandar um café da manhã. Tenho pedidos de filhos que moram longe, em outras cidades, fora do estado e até fora do país, como no Canadá”.

Com a proximidade da data comemorativa, os pedidos começam a chegar e o trabalho aumenta. Porém, depois de tantos anos trabalhando no ramo, ela já conhece os clientes. “É de última hora mesmo. Tenho pedidos agendados, mas sabemos que a procura mesmo é sexta e sábado”, brinca.

Jornal Midiamax