Cotidiano

União permite exploração comercial da Gruta do Lago Azul de Bonito por 20 anos

A portaria do Diário Oficial da União, desta quarta-feira (20), declarou acordo entre o Governo Federal e a Prefeitura de Bonito, a 295 quilômetros de Campo Grande, concedendo a exploração comercial da Gruta do Lago Azul por mais 20 anos. O local é considerado patrimônio cultural brasileiro e um dos principais atrativos turísticos de Mato […]

Karina Campos Publicado em 21/01/2021, às 13h16 - Atualizado às 14h38

Foto: Saul Schramm/Governo de MS
Foto: Saul Schramm/Governo de MS - Foto: Saul Schramm/Governo de MS

A portaria do Diário Oficial da União, desta quarta-feira (20), declarou acordo entre o Governo Federal e a Prefeitura de Bonito, a 295 quilômetros de Campo Grande, concedendo a exploração comercial da Gruta do Lago Azul por mais 20 anos.

O local é considerado patrimônio cultural brasileiro e um dos principais atrativos turísticos de Mato Grosso do Sul. A portaria ressalta que, além do repasse de 20% no faturamento da entrada de turistas, a prefeitura deve pagar à União o valor mínimo anual de R$ 33.995,88, divididos em parcelas mensais, pelo uso privativo e exploração econômica da gruta. A assinatura do contrato fica condicionada à obtenção de todos os licenciamentos, autorizações e alvarás pertinentes para atividade comercial.

Segundo a secretária de turismo, indústria e comércio, Juliane Ferreira Salvadori a cessão onerosa é importante para regulamentação de atividade de gestão do atrativo turístico. “A prefeitura já fazia a gestão da gruta e agora oficializa juntamente a União essa gestão, já vinha sendo pleiteada por vários anos. Agora com esse documento em mãos, ajuda a fomentar o turismo da região e nós enquanto prefeitura, temos a segurança jurídica para fazer as melhorias e implementar mais investimentos no atrativo”, disse.

Por conta da pandemia de coronavírus e manutenções, a Gruta está fechada para visitação e deve reabrir neste semestre. “Vamos trabalhar para reabrir a gruta o mais breve possível e para isso estamos em conversa com o governador Reinaldo Azambuja, para conseguirmos iniciar as atividades de visitação para a população e para os turistas”, finalizou o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues (PSB).

Jornal Midiamax