Cotidiano

Três Lagoas adere ao Consórcio para comprar vacinas contra Covid-19 de fabricantes

Para agilizar a vacinação contra Covid-19, a Prefeitura de Três Lagoas entrou para o Consórcio da FPN adquirir doses com recursos municipais.

Dândara Genelhú Publicado em 03/03/2021, às 14h42

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil. - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Para agilizar a campanha de vacinação do município, a 326 km de Campo Grande, a Prefeitura de Três Lagoas pretende adquirir doses com recursos municipais. Assim, a gestão aderiu ao Consórcio da FNP (Frente Nacional dos Prefeitos) para comprar vacinas diretamente dos fabricantes.

O cadastro foi oficializado na última terça-feira (2), pelo prefeito Angelo Guerreiro (PSDB). De acordo com o presidente da FNP, Jonas Donizette, o Consórcio é uma possibilidade para os gestores municipais adquirirem vacinas de forma independente. Então, os municípios não precisariam mais esperar apenas as doses enviadas pelo Governo Federal e distribuídas pelas Secretárias Estaduais de Saúde.

Além disto, o presidente explica que o Consórcio ter sido criado para intermédio entre as prefeituras e as fabricantes. Apesar disto, não haverá nenhuma rejeição de participação do Governo Federal nas compras. Por fim, Donizette lembra que os prefeitos possuem até a sexta-feira (5) para aderir ou não ao programa.

Campo Grande também aderiu ao Consórcio e na última terça-feira (2), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) declarou a inclusão do município no grupo. Assim, a Capital de MS também espera poder acelerar o processo de vacinação.

Jornal Midiamax