Cotidiano

Temporal com mais de 400 mil raios deixa bairros de Campo Grande e interior sem energia

Concessionária aumentou equipes em cinco vezes para reparos em redes de energia

Nathália Rabelo Publicado em 14/10/2021, às 10h35

Queda de árvores e raios são os principais motivos de problemas de energia no Estado
Queda de árvores e raios são os principais motivos de problemas de energia no Estado - Foto: Marcos Ermínio/Midiamax

O temporal que atingiu todo o Mato Grosso do Sul na manhã desta quinta-feira (14) deixou vários estragos pelas regiões. Segundo o boletim da Energisa, queda de árvores e raios foram os principais motivos de problemas de energia ao redor do Estado. A concessionária precisou aumentar a equipe em cinco vezes para reparar os danos em redes de energia elétrica.

Segundo os dados divulgados na manhã de hoje, de meia-noite até as 9h, Mato Grosso do Sul registou 401.852 descargas elétricas. Em Itaquiraí, por exemplo, quatro torres de alta tensão caíram e fecharam a rodovia BR-163. A pista foi liberada às 7h.

Além do município, as áreas mais afetadas são: distrito de Boa Sorte, Tacuru, Japorã, Paranhos, Distrito de Ithaum, Sete Quedas e Campo Grande. Em alguns municípios, os estragos já foram restabelecidos, como Aral Moreira, Novo Horizonte do Sul, Juti, Mundo Novo e Naviraí.

Temporal em Campo Grande

Em Campo Grande, os bairros mais atingidos, principalmente com vegetação sobre a rede elétrica, são: Jardim São Conrado, Jardim São Lourenço, Nova Lima, Jardim Batistão, Alves Pereira, Parque Residencial União, Conjunto Aero Rancho, Parque Residencial, Rita Vieira, Tiradentes, Vila Piratininga, Jardim Tijuca, Santo Amaro, Vila Nasser, Jardim Centenário, Vila Jacy, Vila Taquarussu, Mata do Segredo, Jardim Autonomista, Vila Planalto, Parque do Lageado, Vila Nova Campo Grande, Coophavila II, Itanhangá Park, Caiçara, Jardim Panamá, Parque dos Novos Estados, Guanandi, Pioneiros, Vila Sobrinho, Jardim Leblon, Vilas Boas, Portal Caiobá, Vila Carlota, Chácara Cachoeira, Jardim Centro Oeste, Vila Santo Antonio, Vila Popular, Santa Fé, Jardim Los Angeles, Vila Bandeirante, Coronel  Antonino, Jardim Tarumã, Carandá Bosque, Jardim Parati, Núcleo Industrial Indubrasil, Monte Castelo, Jardim Bela Vista, Vila Gloria, Cruzeiro, Jardim Veraneio, Amambai, Chácara dos Poderes, Centro, Vila Taveirópolis e Jardim Seminário.

Segurança

Especialistas alertam sobre alguns cuidados que a população pode adotar em dias de temporal para se proteger em casa. Confira:

  • Retire os aparelhos eletroeletrônicos das tomadas;
  • Nunca utilize telefone com fio ou aparelho conectado à tomada durante uma forte tempestade com incidência de raios;
  • Deixe para carregar celular em outro momento e sempre opte por usar o notebook na bateria e pela rede Wi-Fi, dispensando o uso de fios;
  • É aconselhável retirar os aparelhos eletrônicos (normalmente mais sensíveis) das conexões com rede de telefonia, TV a cabo e antena externa;
  • Quando ouvir os trovões, nunca fique em campo aberto. Procure abrigo imediatamente em construções e feche os vidros e janelas;
  • Evite ser o ponto mais alto das proximidades ou estar próximo dele;
  • Não fique embaixo de árvores ou próximo a torres;
  • Se estiver dentro de um carro, feche as janelas e aguarde a tempestade passar para poder sair;
  • Não toque em fios caídos ou em objetos que estejam em contato com a rede elétrica.
Jornal Midiamax