Cotidiano

Tamanduá-bandeira é resgatado após ser atropelado na MS-080

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Rochedo resgatou um tamanduá-bandeira atropelado na rodovia MS-080 em Corguinho em estado grave e orienta à população como proceder em casos de atropelamentos. De acordo com a PMA, quatro mulheres, Rosana Nunes, Irene Erminda dos Santos, Liana Arguello e Adriana Paula, residentes em Corguinho, vizinhas de ranchos, socorreram um […]

Diego Alves Publicado em 19/03/2021, às 20h16

Divulgação,PMA
Divulgação,PMA - Divulgação,PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Rochedo resgatou um tamanduá-bandeira atropelado na rodovia MS-080 em Corguinho em estado grave e orienta à população como proceder em casos de atropelamentos.

De acordo com a PMA, quatro mulheres, Rosana Nunes, Irene Erminda dos Santos, Liana Arguello e Adriana Paula, residentes em Corguinho, vizinhas de ranchos, socorreram um tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), que havia sido atropelado nas proximidades da ponte do córrego Buriti, a cerca de 1,5 km da cidade de Corguinho.

Às 22h30 desta quinta, depois de movimentar a Polícia Militar daquela cidade e serem orientadas, as mulheres colocaram o animal no carro de uma delas e o levaram até o Posto da PMA, localizado na Cachoeira do Sossego, à margem do rio Aquidauana, em Rochedo.

Ao verificar o estado do animal, que possuía um corte de grande porte na parte dorsal e ferimentos nas patas, os Policiais agradeceram a abnegação e esforço das mulheres para salvar a vida do bicho, passaram o tamanduá-bandeira para a viatura, acionaram o veterinário do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital e o encaminharam rapidamente para atendimento.

Jornal Midiamax