Cotidiano

Sob efeito do La Niña, primavera em MS pode ter chuvas abaixo da média

Chuvas durante o período serão entre 300 e 700 mm no Estado

Fábio Oruê Publicado em 16/09/2021, às 14h59

La Niña gera mudanças nos padrões de precipitação
La Niña gera mudanças nos padrões de precipitação - Foto: Marcos Ermínio/ Jornal Midiamax

A estação das flores começa no próximo dia 22 e pode ter chuvas abaixo da média climatológica, aponta prognóstico do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de MS), divulgado nesta quinta-feira (16), para a primavera.

Conforme a previsão, a média climatológica para o trimestre Outubro-Novembro-Dezembro indica que as chuvas variam entre 300 a 700 mm em MS. E segundo os modelos, a previsão indica que as chuvas não superarão a média climatológica, ficando abaixo ou dentro dela. 

Isto acontece porque a primavera acontece junto com o início do La Niña, fenômeno oceânico-atmosférico de resfriamento das águas do Pacífico, que por consequência, gera mudanças nos padrões de precipitação. O La Niña será relativamente de curta duração, ocorrendo entre primavera e verão. 

Início

No período entre esta quinta e 24 de setembro, há probabilidade de chuva com acumulados de até 10 mm para a porção sudoeste e algumas regiões do leste do Estado devido à atuação de uma frente fria, aliada à passagem de cavados (áreas alongadas de baixa pressão) e ao transporte de umidade.

O mesmo vale para o período de 24 de setembro a 2 de outubro, quando há probabilidade de chuvas em grande parte de MS devido à frente fria. 

Jornal Midiamax