A SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) recebeu a doação de um novo equipamento de extrator de material genético que vai acelerar o processamento de testes diagnósticos da Covid-19. A máquina foi doada pelo frigorífico JBS.

Atualmente, o Lacen-MS (Laboratório Central de Saúde Pública) entrega os resultados em até 72 horas. Com o novo equipamento, a expectativa é que esse prazo se reduza.

“Quanto antes o paciente tiver o resultado, mais rápidas as medidas de tratamento e de contenção na propagação do vírus serão eficientes. E vai permitir que além do SARS-CoV 2, outros vírus possam ser pesquisados aumentando a capacidade de análise do parque analítico do Lacen”, declarou o titular da SES, Geraldo Resende.

Desde o início da pandemia, o Estado comprou um extrator com recursos próprios e recebeu outro do Ministério da Saúde. A JBS já doou 21 extratores de RNA e 62 kits de extração para o Ministério da Saúde, que foram destinados aos Lacen de 21 unidades da Federação.