Cotidiano

Servidores da Segurança Pública com menos de 41 anos serão vacinados neste sábado em Campo Grande

Servidores com 41 anos ou mais não devem comparecer para vacinação, pois haverá repescagem para o grupo

Dândara Genelhú Publicado em 09/04/2021, às 15h03

Vacinação de servidores da Segurança Pública começou no último final de semana.
Vacinação de servidores da Segurança Pública começou no último final de semana. - Foto: Gabriel Neves | Midiamax

Neste sábado (10), servidores da Segurança Pública com menos de 41 anos poderão se vacinar contra Covid-19 em Campo Grande. De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), a expectativa é imunizar cerca de 3,3 mil policiais e agentes.

Assim, serão vacinados: servidores da Coordenadoria-Geral de Perícias, da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar das medidas socioeducativas, da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), agentes de trânsito do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) e da sede da Sejusp.

As doses devem garantir imunização de quase metade dos 6,7 mil servidores de Campo Grande. Em todo o MS, são mais de 12 mil policiais e agentes de segurança pública que precisam ser imunizados.

Então, servidores que foram listados acima e possuem idade menor que 41 anos, podem comparecer das 7h30 às 17h em um dos postos de vacinação. Serão disponíveis neste sábado (10) para este público, os drives da Cassems, do Pavilhão Albano Franco e do Parque Ayrton Senna. Além do Guanandizão e USF (Unidades de Saúde da Família) da Vila Nasser, Coophavilla, Silvia Regina, Dona Neta e Universitário.

De acordo com secretário da Sejusp, coronel Ary Carlos Barbosa, o ideal é que os servidores busquem imunização nos drives da Cassems e Albano Franco, bem como Guanandizão e Parque Ayrton Senna. “São locais com maior capacidade de imunização e onde o tempo de espera é menor”, orienta.

Além disto, o secretário destaca que servidores com 41 anos ou mais que não conseguiram se vacinar no final de semana anterior não devem comparecer aos locais. “Para esse público haverá uma repescagem, provavelmente ainda este mês, porém se forem aos postos de vacinação neste sábado, não poderão ser imunizados, pois os nomes não constarão nas listas e não haverá exceções”, explica.

Jornal Midiamax