Cotidiano

Servidores da Educação e Cultura de Três Lagoas são treinados para atuar em barreira sanitária

Barreira sanitária funcionará a partir de sábado no Posto Fiscal Jupiá, contando com voluntários para conter o avanço do coronavírus

Humberto Marques Publicado em 29/04/2021, às 18h06 - Atualizado às 18h07

Qualificação reuniu 38 servidores nesta quinta-feira
Qualificação reuniu 38 servidores nesta quinta-feira - PMTL/Divulgação

Servidores públicos da Semec (Secretaria Municipal de Educação e Cultura) de Três Lagoas –a 338 km de Campo Grande– passam por treinamento para atuarem na barreira sanitária que será reativada sábado no Posto Fiscal de Jupiá, na divisa com São Paulo, e postos de controle sanitário que poderão ser instalados em pontos estratégicos da cidade.

A qualificação foi realizada nesta quinta-feira (29), reuniu 38 servidores e foi realizada pelo CCS (Comitê de Controle Sanitário), sendo ministrada pelo tenente-coronel Leonardo Congro, do Corpo de Bombeiros de Campo Grande. O CCS é vinculado à Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

O treinamento visa a apresentar métodos de abordagem, importância do controle e identificação de pessoas com suspeita de Covid-19 a partir dos sintomas e conscientizar motoristas que chegam a Três Lagoas.

Corpo de Bombeiros, Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal, além de agentes municipais de trânsito de Três Lagoas, profissionais da Saúde, Educação e Cultura atuarão na barreira, todos prestando serviço voluntário.

O monitoramento será feito em motoristas e passageiros para prevenir a entrada de novos casos ou suspeitos de Covid em Três Lagoas. Quem apresentar algum sintoma deverá informar os dados pessoais, origem, destino e motivo da viagem. Estas informações serão inseridas no sistema do CCS e enviadas à Secretaria de Saúde da cidade destino do condutor, que deverá encaminhá-lo a atendimento médico logo em sua chegada.

A barreira sanitária será ativada sábado (1º) e funcionará todos os dias, das 6h às 17h.

Jornal Midiamax