Cotidiano

Sem vagas, MS volta a registrar 100% de ocupação nas UTIs Covid-19

Estado teve respiro de lotação na última quinta-feira (8), após recorde de mortes por Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 09/04/2021, às 17h54

Nesta sexta-feira (9), uma pessoa com Covid-19 é atendida além da capacidade hospitalar.
Nesta sexta-feira (9), uma pessoa com Covid-19 é atendida além da capacidade hospitalar. - Foto: Reprodução.

Nesta sexta-feira (9), Mato Grosso do Sul voltou a registrar lotação máxima nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) Covid-19. Com 100,17% de ocupação, o Estado não tem novas vagas para infectados pelo coronavírus com quadros graves.

Os dados utilizados pelo Jornal Midiamax são do Portal Mais Saúde, com atualização às 17h30 desta sexta-feira (9). Assim, um paciente é atendido além da capacidade em MS.

São 584 leitos de UTI existentes e 585 pacientes internados. Além disto, a ocupação de leitos clínicos também subiu. Foi para 67,7% a lotação nestas instalações.

Assim, são 855 pessoas internadas em leitos clínicos. De acordo com o painel, existem 1.263 instalações, ou seja, 408 ainda estão vagas.

Em Campo Grande a ocupação é de 101,48%, são 343 pacientes internados nas UTIs da Capital. Existem 338 leitos e cinco pacientes são atendidos além da capacidade hospitalar da cidade.

Com 88,41% de lotação, os leitos clínicos de Campo Grande também estão em situação crítica. São 436 pacientes atendidos, assim, sobram 58 vagas para novas internações. Então o município tem 494 leitos deste tipo.

Mortes e vagas livres

Na última quinta-feira (8), MS baixou a ocupação até 91% nos leitos de UTI. Após 87 mortes causadas por Covid-19, 52 vagas ficaram livres no Estado, para novas internações.

A secretária-adjunta da Saúde Crhistinne Maymone destacou que MS os respiros nos leitos apenas pela grande quantidade de mortes. “Temos tido sim, uma pequena diminuição de pacientes internados. Mas temos aumento de óbitos, o leito fica vago porque a pessoa faleceu. Infelizmente, é o que estamos vivenciando”, lamentou.

Jornal Midiamax