Cotidiano

Secretário de saúde estima que MS deve receber mais 100 mil doses da vacina na sexta-feira

O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, informou na manhã desta terça-feira (02), esperar que Mato Grosso do Sul receba cerca de 100 mil doses da CoronaVac – vacina para Covid-19 produzida no instituto Butantan – na sexta-feira (05). Conforme Resende, a logística de distribuição das novas doses deve ser feita em 12h e não […]

Gabriel Maymone Publicado em 02/02/2021, às 10h13 - Atualizado às 10h33

Secretário de saúde de MS, Geraldo Resende declarou que MS deve receber cerca de 100 mil doses na sexta-feira. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Secretário de saúde de MS, Geraldo Resende declarou que MS deve receber cerca de 100 mil doses na sexta-feira. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Secretário de saúde de MS, Geraldo Resende declarou que MS deve receber cerca de 100 mil doses na sexta-feira. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, informou na manhã desta terça-feira (02), esperar que Mato Grosso do Sul receba cerca de 100 mil doses da CoronaVac – vacina para Covid-19 produzida no instituto Butantan – na sexta-feira (05).

Conforme Resende, a logística de distribuição das novas doses deve ser feita em 12h e não em 24h como estava sendo feito até então. “Aprendemos muito. Foi um sucesso a logística para que todas as vacinas estivessem em 24h [em todos os municípios]. Podemos agora fazer em 12h”, declarou.

Ainda de acordo com o secretário, MS chegaria, assim, a 290 mil doses, suficiente para iniciar a vacinação em novos grupos. “Acredito que vamos poder terminar [a vacinação] nos profissionais de saúde. Terminar em idosos mais de 80 anos e, inclusive, alargar e começar a vacinar a partir de 70 ou de 60 anos que tenha comorbidades”, informou.

Vacinação de idosos

Com a chegada de mais dois lotes de vacinas no final da semana passada, municípios de Mato Grosso do Sul iniciaram a vacinação em idosos com idade a partir de 80 anos. Em Campo Grande, o município dividiu a vacinação conforme a idade, por exemplo, no primeiro dia, foram imunizados idosos a partir de 99 anos. Nesta terça-feira, será a vez daqueles com 98 anos e assim por diante.

vacinação em Campo Grande
Saúde começou a vacinar idosos a partir de 99 anos na segunda-feira em Campo Grande. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Apesar de ainda não ter um balanço oficial, o titular da SES sinalizou como positivo o primeiro dia de vacinação a idosos que não estejam asilados no Estado. “Recebi feedback positivo dos secretários municipais, muitas senhorinhas foram vacinadas”, comentou.

Para Resende, a expectativa é de que a vacinação comece a dar reflexos dentro de um mês. Porém, avaliou que podemos ter um cenário “aterrorizante”, devido à nova cepa identificada no Brasil. “MS está em pequena queda dos casos ,mas ainda complicado”, pontuou.

Raio-X em MS

Conforme o “vacinômetro”, 46.152 pessoas foram vacinadas no Estado, sendo 26,4 mil trabalhadores da saúde, 1,5 mil idosos acima de 60 anos moradores de asilos, 160 deficientes institucionalizados e 18 mil indígenas que moram em aldeias. Em relação à população de MS, já foi vacinado 1,64%.

Jornal Midiamax