Cotidiano

Reordenando trânsito, avenida da fronteira de Corumbá passa a ser mão de único sentido

A Prefeitura Municipal de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, divulgou nesta terça-feira (23) a reordenação do trânsito nesta semana. A Avenida Joaquim Venceslau de Barros, que faz fronteira com a Bolívia, passa a ser de único sentido. De acordo com a Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), a mudança faz parte do […]

Karina Campos Publicado em 23/03/2021, às 12h02

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

A Prefeitura Municipal de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, divulgou nesta terça-feira (23) a reordenação do trânsito nesta semana. A Avenida Joaquim Venceslau de Barros, que faz fronteira com a Bolívia, passa a ser de único sentido.

De acordo com a Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), a mudança faz parte do projeto do Parque Linear do Ipês, que faz parte do programa Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata). Para concluir as obras, resta a pintura com a sinalização no pavimento das vias.

“A avenida já está toda sinalizada com placas, por isso durante esta semana os nossos agentes estarão fazendo um trabalho de panfletagem e conscientização dos motoristas que passarem por aquela região”, explicou o diretor-presidente da Agetrat, Lúcio André Messias de Barros,

Assim como a avenida, a partir da Rua Cyríaco de Toledo até a 15 de Novembro, passa a ser mão única no sentido contrário.

“A mão única começa na rua atrás do Poliesportivo da Porto Carreiro, a rua Tiradentes, e vai até a Edu Rocha. Se pararmos para pensar essa mudança já começou lá atrás, na rua General Dutra com a Albuquerque que também segue o mesmo fluxo e isso facilitará para aquelas pessoas que precisem atravessar a cidade”, disse o assessor-executivo da Agetrat, Jeferson Braga.

Jornal Midiamax