Cotidiano

Queda de helicóptero da Força Aérea paraguaia mata 3 pessoas

As mortes foram confirmadas pelo general da Divisão Aeronáutica, Arturo González

Marcos Morandi Publicado em 25/11/2021, às 09h37

Aeronave participava de um treinamento militar
Aeronave participava de um treinamento militar - Divulgação

A Força Aérea do Paraguai confirmou a morte que três pessoas em consequência da queda de um helicóptero de treinamento H1 na manhã desta quinta-feira (25), em uma zona de treinamento em Ñu Guassú. O local fica próximo à Base Aérea de Luque.

Os mortos foram identificados como sendo a tenente Andrea Larissa Cubilla Aguayo, o major Gustavo Rafael Velazco Acosta e o sargento Gustavo Arzamendia Rolon. Outros dois tripulantes estariam feridos e foram transferidos para o Hospital San Jorge.

De acordo com o general da Divisão Aeronáutica, Arturo González, a aeronave era tripulada por um mecânico, um aluno e dois instrutores. Ele relatou que eles foram retirados da área do acidente antes que o helicóptero pegasse fogo.

Segundo informações do jornal Última Hora, o comandante detalhou que a aeronave estava realizando um voo de treinamento quando ocorreu uma pane que forçou os pilotos a fazerem um pouso de emergência.

A aeronave que caiu faz parte de um lote de helicópteros doado há cerca de 10 anos pelo governo da China para o Paraguai, mas segundo o general Arturo, eles passam por revisão e atualização constantes.

Jornal Midiamax