Cotidiano

Quase três semanas depois, MS começa a ‘colher frutos’ do decreto estadual

Estado passa por uma queda na taxa de contágio do coronavírus

Mylena Rocha Publicado em 23/04/2021, às 11h39

Estado ficou com medidas restritivas por 10 dias, entre o final de março e início de abril.
Estado ficou com medidas restritivas por 10 dias, entre o final de março e início de abril. - Marcos Ermínio/Midiamax

Quase três semanas após decreto que determinou o fechamento do comércio em todos os municípios, Mato Grosso do Sul começa a ‘colher os frutos’ da medida com a redução de casos de coronavírus. O Estado ainda está em alta estabilidade de casos e tem uma redução lenta, mas chegou a uma média móvel de 952 casos diários de covid nesta sexta (23). MS estava há mais de um mês com a média móvel acima de mil casos por dia. 

Dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde) mostram que Mato Grosso do Sul tem uma média móvel de 952 casos diários de coronavírus nesta sexta (23). O pico foi registrado no início de abril, com uma média de 1.498 casos por dia no Estado.

A secretária adjunta Crhistinne Maymone explica que Mato Grosso do Sul vive uma estabilidade da doença, porém em patamares altos. Por isso, a redução dos casos e mortes tem sido muito lenta. 

A queda na média móvel é explicada pela redução na taxa de contágio. “Agora estamos colhendo os frutos do nosso decreto estadual, que possibilitou a mobilidade reduzida”, comentou a secretária. 

Maymone explica que a queda no número de casos mostra a efetividade das medidas restritivas. O decreto estadual ficou em vigor por 10 dias com medidas restritivas, somente os serviços essenciais puderam funcionar. Além disso, houve toque de recolher mais rígido aos fins de semana. 

Contudo, a secretária ressalta que se a população não colaborar, o Estado pode voltar à estaca zero. “Estamos com uma estabilidade alta. Se tivermos um aumento da taxa de contágio, será muito ruim. Temos que ajudar para que os hospitais não tenham superlotação, temos que diminuir a mobilidade”, frisou.

Jornal Midiamax