Cotidiano

Projeto traz atendimento gratuito para pessoas que sofrem com a fibromialgia em Campo Grande

Paciente precisa somente da comprovação do diagnóstico e encaminhamento médico

Fábio Oruê Publicado em 17/06/2021, às 12h19

Fibromialgia se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura
Fibromialgia se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura - Foto: Arquivo/ Jornal Midiamax

Projeto de Extensão Fibro MS começou neste mês os atendimentos gratuitos (de forma remota) para pacientes com fibromialgia. O cadastro é aberto para toda a comunidade e as pessoas só precisam apresentam o diagnóstico de fibromialgia e um encaminhamento médico.

“Já iniciamos os atendimentos on-line e a expectativa é que no segundo semestre eles sejam presenciais. Avaliamos o paciente para saber qual o melhor caminho para o tratamento, e indicamos para a área de Nutrição para o preparo de alimentos que amenizem as inflamações, os exercícios de Fisioterapia, como o alongamento neural, sempre orientando como ele pode fazer em casa e dentro da Psicologia, gerenciando o estresse do dia a dia ou como conviver com a doença”, explica a coordenadora do projeto, professora Luziane de Fátima Kirchner.

O projeto Fibro MS destina-se à promoção de benefícios à saúde, qualidade de vida e autocuidado para pessoas com Fibromialgia a partir do trabalho multidisciplinar e conjunto entre Nutrição, Fisioterapia e Psicologia, além das áreas de Contábeis, Administração e Publicidade, contribuindo com a estruturação e manutenção do projeto.

O atendimento acontece na Clínica-Escola da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e é feito pelos acadêmicos, com supervisão dos professores. Os pacientes serão avaliados periodicamente para verificar melhoras.

No mês de abril, os acadêmicos extensionistas passaram por capacitação denominada ‘Avaliação da Psicologia para Pessoas com Fibromialgia’, justamente para aprofundar ainda mais no tema. Agendamentos podem ser feitos pelos telefones (67) 3312-3638 e 3705.

Jornal Midiamax