Cotidiano

Procon suspende o funcionamento de duas empresas de consórcios em Campo Grande

Os dois estabelecimentos operavam com irregularidades

Ranziel Oliveira Publicado em 01/10/2021, às 18h15

Integrantes da operação conjunta
Integrantes da operação conjunta - (Foto: Divulgação / Procon Estadual)

Duas empresas de consórcios tiveram as atividades suspensas após a constatação de irregularidades, em Campo Grande. A ação foi realizada pelo Procon Estadual, em conjunto com a Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) e o CRECI-MS (Conselho Regional de Corretores de Imóveis).

A primeira foi a Inter Prime Soluções Financeiras, que não possuía autorização do Banco Central para a prestação de serviços de corretagem de consórcios e empréstimos. O estabelecimento também não disponibilizava o Código de Defesa do Consumidor, tampouco placa indicando o código.

Já a segunda se trata da Mundial Representantes de Consórcios, que não tinha alvará de localização e funcionamento exposto. A empresa prestava serviços de vendas de consórcios usando o nome da empresa Multimarcas Administradora de Consórcios LTDA , mas não apresentou contrato de autorização de intermediação da Multimarcas, nem a autorização do Banco Central para venda de consórcios.

As atividades das duas empresas foram suspensas até que todas as irregularidades sejam sanadas.

Jornal Midiamax