Cotidiano

Prefeitura e UEMS agilizam parceria para conservação da Usina Velha em Dourados

A Usina Filinto Muller, também conhecida como “usina velha”, foi construída em 1949

Projeto envolve professores e acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária
Projeto envolve professores e acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária - Uems

Equipes técnicas do Lasange/Uems (Laboratório de Modelagem em Saneamento e Geotecnologia), vinculado ao curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da  UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) realizaram atividades de campo referentes ao georreferenciamento de pontos e instalação de marcos de concreto na região da Usina Velha em Dourados.

As atividades de apoio foram realizadas em atendimento à solicitação de apoio do IMAM (Instituto Municipal de Meio Ambiente), decorrentes da necessidade de levantamento planialtimétrico na área da Usina Velha, que servirá de base para nortear os projetos de recuperação/conservação da área, que faz parte do patrimônio histórico municipal.

Fizeram parte do levantamento de campo, por parte da UEMS, os professores doutores Vinícius Ribeiro (Coordenador/LASANGE) e Nelison Corrêa, e as discentes do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, Pedrita Souza e Jéssica Valdovino. Do IMAM, participaram os servidores Cristiano Rodrigues, Wanilton Finamore, Márcio Camilo e Daniel Nery.

“Atividades de apoio à comunidade externa, como esta que realizamos hoje, são de fundamental importância por diversos aspectos. Deste modo, é possível levar a expertise da UEMS mais próxima às demandas da sociedade, além de propiciar aos acadêmicos do curso um vislumbre de atividades práticas relacionas à sua futura atuação profissional”, destacou o professor Vinícius.

As estudantes ressaltam que essas atividades de campo são essenciais para enriquecer a formação complementar e ajudam a vivenciar um pouco do que as espera no mercado profissional.

Para o Diretor Presidente do IMAM, Wolmer Sitadini, “a parceria do IMAM com a UEMS mostra o fortalecimento do apoio entre as instituições que têm como uma das principais finalidades garantir a qualidade ambiental, social e econômica da população douradense. Este é apenas o começo de uma grande parceria firmada entre nós que gozará grandes êxitos a curto, médio e longo prazo”, relatou.

Filinto Muller

A Usina Filinto Muller, também conhecida como “usina velha”, foi construída em 1949 com o objetivo de produzir energia elétrica para o município, além de oferecer serviços de serraria, carpintaria e oficina mecânica. No ano de 2015, o local foi tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade, tornando-se ponto turístico. Atualmente, a usina encontra-se fechada para visitação pública e passará por projetos de revitalização para sua reabertura.

Jornal Midiamax