Cotidiano

Prefeitura de Dourados segue com aplicação das 3 doses nesta quinta-feira

Atendimento acontece em dois horários diferentes: 7h30 às 16h30 e 15h às 20h

Marcos Morandi Publicado em 07/10/2021, às 07h01

Setor de Imunização atende também idosos e grupos de trabalhadores da saúde
Setor de Imunização atende também idosos e grupos de trabalhadores da saúde - Midiamax/Arquivo

A administração municipal de Dourados continua nesta quinta-feira (7) com os procedimentos de imunização contra a Covid-19. Além da aplicação da primeira e segunda doses, estão mantidos os atendimentos de idosos e grupos de saúde que precisam receber o reforço.

De acordo com informações da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), o atendimento acontece das 7h30 às 16h30 na Central de Vacinação, anexa ao Centro de Eventos Don Teodardo Leitz.

As UBSs (Unidades Básicas de Saúde) dos bairros Parque das Nações I, Parque do Lago II e Jardim Maracanã, fazem a aplicação das 15h às 20h.

Veja o cronograma:

DOSE 1

  • Central de Vacinação, das 7h30 às 16h30 Adolescentes de 12 a 17 anos, acompanhados por responsável; pessoas com 18 anos ou mais.
  • UBS Parque das Nações I, UBS Parque do Lago II e UBS Jardim Maracanã, das 15h às 20h. Para adolescentes de 12 a 17 anos, acompanhados por responsável.

DOSE 2

  • Central de Vacinação, das 7h30 às 16h30 Maiores de 12 anos que tomaram D1 da Pfizer até o dia 7 de setembro; pessoas que tomaram D1 da Coronavac até o dia 7 de setembro.
  • UBS Parque das Nações I, UBS Parque do Lago II e UBS Jardim Maracanã, das 15h às 20h. Maiores de 12 anos que tomaram D1 da Pfizer até o dia 7 de setembro; pessoas que tomaram D1 da Coronavac até o dia 7 de setembro.

DOSE 3

  • Central de Vacinação, das 7h30 às 16h30 na UBS Parque das Nações I, UBS Parque do Lago II e UBS Jardim Maracanã, das 15h às 20h. Trabalhadores da Saúde de 18 anos ou mais que tomaram D2 até o dia 7 de abril; pessoas maiores de 60 anos que tomaram D2 até o dia 7 de junho; pessoas com comorbidades imunológicas que tomaram a D2 até o dia 7 de setembro.

Ainda segundo o setor de Imunização, poderão receber a terceira dose as pessoas com alto grau de imunossupressão (imunodeficiência primária grave, quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas em uso de drogas imunossupressoras e pessoas vivendo com HIV/Aids). Quem faz uso de corticoides em doses iguais ou maiores que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por mais de 14 dias, uso de drogas modificadoras da resposta imune, pacientes em hemodiálise, pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias) também está apto a receber o imunizante.

Jornal Midiamax