Cotidiano

Prefeitura de Dourados realizará estudo de concessão de área para construção de polo da Casai

Pedido foi feito pela Sesai em reunião com representantes da gestão

Ranziel Oliveira Publicado em 07/05/2021, às 14h04

Reunião da Sesai e prefeitura de Dourados nesta quarta-feira (05)
Reunião da Sesai e prefeitura de Dourados nesta quarta-feira (05) - (Foto: Divulgação / Prefeitura de Dourados)

A Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) solicitou a concessão de uma área pública para construção de um polo próprio da Casai (Casa da Saúde Indígena), que fornece o atendimento nas aldeias. O pedido foi feito em reunião com a Prefeitura de Dourados, representantes da Sesai e da comunidade indígena do município, nesta quarta-feira (05).

De acordo com a chefe da Casai de Dourados, Sidneide Alves, atualmente existe um prédio no município, mas o qual depende de aluguel. Através de um recurso conquistado no Governo Federal, houve a autorização para elaborar um projeto que contemple a construção de um espaço físico.

O atendimento aos indígenas não ocorre no prédio, mas é de lá que parte toda a logística e administrativo. Estão armazenados os medicamentos, a coordenação e os veículos usados para ir até as aldeias levar essa assistência à comunidade.

“Nesse espaço nós trabalhamos para garantir que a comunidade indígena receba todo esse apoio sem precisar sair da aldeia. Na sede, nós temos farmácia e temos olhado para diversas questões presentes na comunidade. Com o novo prédio, esse trabalho será facilitado, pois se tratará de uma estrutura nova, com planejamento voltado para estas ações”, aponta Sidneide.

O prefeito Alan Guedes apontou que irá dar início a um estudo com os secretários do município para procurar um terreno que atenda da melhor forma a demanda. “Nós precisamos de um tempo para elaborar estes estudos, mas assim que for definido será realizada uma nova reunião para então encaminhar o pedido para a Câmara de Vereadores, que é a responsável por autorizar esse trâmite. Apoiar melhor a comunidade indígena é um dos compromissos da nossa gestão”, assegura.

Jornal Midiamax