Cotidiano

Por conta da pandemia, mais de 9 mil CNHs foram entregues em casas de MS durante 2020

A pandemia de coronavírus acabou suspendendo e restringindo o atendimento de vários serviços em Mato Grosso do Sul. Em maio de 2020, o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) começou a enviar pelos Correios, cerca de 9.898 condutores receberam a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em casa. De acordo com departamento, […]

Karina Campos Publicado em 07/01/2021, às 16h39

(Foto: Divulgação/Detran-MS)
(Foto: Divulgação/Detran-MS) - (Foto: Divulgação/Detran-MS)

A pandemia de coronavírus acabou suspendendo e restringindo o atendimento de vários serviços em Mato Grosso do Sul. Em maio de 2020, o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) começou a enviar pelos Correios, cerca de 9.898 condutores receberam a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em casa.

De acordo com departamento, o serviço será oferecido, a partir da segunda semana de janeiro, sem custo adicional. Antes, os condutores solicitavam pelo aplicativo Meu Detran ou pelo portal, agora, o pedido também pode ser feito nas agências de Campo Grande.

“Além disso, no ato do pedido, é necessário que o cliente informe seu e-mail e telefone celular atualizado, para que possa fazer o download da CNH Digital enquanto aguarda o recebimento do documento impresso”, explica a diretora de Habilitação do órgão, Lina Issa Zeinab.

Os condutores podem acompanhar o rastreio da correspondência, e caso o carteiro não consiga encontrar o motorista em três tentativas consecutivas, os documentos serão devolvidos para serem retirados na sede do Detran.

Jornal Midiamax