Cotidiano

PMA autua quatro pescadores em cachoeira de Porto Murtinho

Os pescadores foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 700,00 cada um, perfazendo R$ 2.800,00

Lucas Mamédio Publicado em 06/09/2021, às 19h10

None
(Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (6), a Polícia Militar Ambiental de Porto Murtinho, que trabalha na operação Hot Point, de proteção aos recursos pesqueiros, realizaram patrulhamento na região de Porto Murtinho e autuaram quatro pescadores por pesca predatória ao pescar naquele local proibido pela legislação. Os quatro homens, de 18, 35, 40 e 44 anos, residentes em Ponta Porã, foram abordados e, ainda, não tinham capturado nenhum pescado. Com eles foram apreendidas varas de pesca com molinetes.

O local conhecido como Cachoeira do Rio Apa, localizado a 95 km da cidade de Porto Murtinho, precisa de fiscalização constante por ser ponto em que os cardumes ficam muito vulneráveis, principalmente quando o rio está com o nível de água baixo. O local, uma longa corredeira (local com pesca proibida por lei) é ponto de pesca predatória, caso não se faça fiscalização preventiva intensiva como a PMA tem feito no local, tanto por brasileiros, como por paraguaios, pois faz fronteira do Brasil com Paraguai.

Os pescadores foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 700,00 cada um, perfazendo R$ 2.800,00. Eles também responderão por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. As normas proíbem e consideram crime, a pesca a 200 metros a montante e a jusante das cachoeiras e corredeiras, pois é alta a vulnerabilidade dos cardumes nesses locais dos rios, principalmente com as condições de seca em que estão os rios.

Jornal Midiamax