Cotidiano

PM terá monitoramento de festas e vai reforçar policiamento em 6 destinos turísticos de MS durante carnaval

A PM (Polícia Militar) vai reforçar o policiamento em seis cidades turísticas de Mato Grosso do Sul, conforme o plano de segurança estabelecido para os dias de carnaval. Além disso, equipes da inteligência estarão em campo para monitorar possíveis locais de festas ou aglomerações. Estão previstas blitze, batidas policiais e fiscalizações a estabelecimentos comercias entre […]

Gabriel Maymone Publicado em 11/02/2021, às 11h50

PM irá reforçar segurança em destinos turísticos de MS. (Foto: Divulgação / PM)
PM irá reforçar segurança em destinos turísticos de MS. (Foto: Divulgação / PM) - PM irá reforçar segurança em destinos turísticos de MS. (Foto: Divulgação / PM)

A PM (Polícia Militar) vai reforçar o policiamento em seis cidades turísticas de Mato Grosso do Sul, conforme o plano de segurança estabelecido para os dias de carnaval. Além disso, equipes da inteligência estarão em campo para monitorar possíveis locais de festas ou aglomerações. Estão previstas blitze, batidas policiais e fiscalizações a estabelecimentos comercias entre os dias 12 e 17 de fevereiro.

As autoridades identificaram Bonito, Rio Verde, Corumbá, Dourados, Três Lagoas e Costa Rica como principais destinos do interior durante o período. Nesses locais, há risco maior de aumento de fluxo de veículos e risco de aglomerações urbanas, com risco de contaminação por coronavírus.

O plano de segurança prevê, ainda, reforço das equipes da PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) nas rodovias de MS.

Nesta quinta-feira (11), o governo de Mato Grosso do Sul publicou decreto reduzindo o toque de recolher para iniciar às 23h em 38 municípios do Estado, confira a relação aqui.

Esquema contra aglomerações em Campo Grande

Já o plano municipal de segurança para o carnaval em Campo Grande prevê uma série de medidas para evitar aglomerações como interdições em pontos estratégicos.

Para garantir o cumprimento das medidas de biossegurança contra o coronavírus, a Esplanada Ferroviária, Mirante do Aeroporto e Altos da Afonso Pena terão pontos de interdição.

Conforme o secretário de segurança do município, Valério Azambuja, foram identificados seis locais da cidade que costumam registrar aglomeração. “Foram elencados previamente como já tem ocorrido em anos anteriores de aglomerações na Esplanada Ferroviária com até 50 mil pessoas, por exemplo. Tem o Mirante do Aeroporto, Altos da Afonso Pena, Lagoa Itatiaia, Praça do Papa e Praça Aquidauana”, informou.

O plano de segurança elaborado pela prefeitura prevê, ainda, a atuação de 46 GCMs (Guardas Civis Municipais), agentes de trânsito, fiscais da Vigilância Sanitária e até o uso de drones.

Sem festas e restrição a bebidas

Campo Grande, que também definiu, também, uma série de restrições, que incluem proibição de consumo de bebida em conveniência e veto a concessão de alvarás, por exemplo.

Segundo o texto, a regra vale para eventos em espaços públicos ou privados de uso coletivo, com ou sem acesso ao público em geral, em ambiente fechado ou aberto, ‘que tenham por finalidade realizar comemorações de festas carnavalescas’.

Estão suspensas festas e eventos, como blocos de Carnaval, manifestação cultural carnavalesca, shows musicais em geral, uso de pistas de dança, bem como a prática por parte de pessoas presentes em estabelecimentos com atividade de entretenimento autorizadas, como bares, restaurantes e similares – conforme alvará de localização e funcionamento respectivos.

Também está proibido consumo de bebidas e outros produtos em lojas de conveniência, ‘visando evitar a aglomeração de pessoas no local’. Na lista de suspensões, está o compartilhamento de objetos, como narguilés e tererés, além de ‘outras atividades que possam acarretar em aglomeração de pessoas, ainda que não descritas nos incisos anteriores, que tenham por finalidade realizar comemorações de festas carnavalescas’.

Jornal Midiamax