Cotidiano

Pesca ilegal termina com capivara perfurada por anzol em cidade de MS

O animal estava com uma perfuração na região lombar

Gabriel Neves Publicado em 23/04/2021, às 11h46

É proibida a pesca na Lagoa Maior.
É proibida a pesca na Lagoa Maior. - (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)

Uma capivara precisou receber atendimentos veterinários após ser atingida por um anzol durante uma possível pesca realizada de forma ilegal na Lagoa Maior em Três Lagoas. O caso ocorreu nesta quinta-feira (22).

De acordo com a prefeitura de Três Lagoas, uma equipe da Sedema (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio) realizou o atendimento do animal que estava com um ferimento na região lombar.

“O objeto estava perfurando a região lombar do animal e, provavelmente o incidente aconteceu ontem (21), sendo um dia propício para pescar por ser feriado. É possível que a capivara tenha sido atingida no momento do arremesso do anzol na água ou tenha passado pela linha no leito da Lagoa”, explicou a veterinária da SEMEA, Andréia Santana.

Imagem divulgada do ferimento causado no animal. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas)

O secretário da pasta, Celso Yamaguti, também participou do atendimento e frisou sobre a proibição da pesca na Lagoa. “Mesmo com tantas campanhas já feitas e com as placas instaladas ao redor da Lagoa, as pessoas ainda insistem em desobedecer às regras. Este acidente mostra que além de ilegal, a pesca na Lagoa pode ser perigosa”, disse.

Jornal Midiamax