Cotidiano

Pedidos para reaplicação da prova do Enem 2021 podem ser feitos nesta segunda-feira; saiba como

Prazo para fazer solicitação vai até a próxima sexta-feira

Gabriel Maymone Publicado em 29/11/2021, às 07h59

Candidatos que não puderam comparecer ao Enem 2021 podem justificar ausência e pedir reaplicação da prova
Candidatos que não puderam comparecer ao Enem 2021 podem justificar ausência e pedir reaplicação da prova - Leonardo de França / Midiamax

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), responsável pelo Enem 2021 (Exame Nacional do Ensino Médio), recebe, a partir desta segunda-feira (29), pedidos para reaplicação da prova para estudantes que tiveram problemas.

Assim, quem tiver o pedido aceito pelo Inep, poderá realizar o exame em janeiro de 2022.

Dessa forma, têm direito ao benefícioestudantes que foram prejudicados por mau tempo ou estavam com doenças contagiosas — como a covid, por exemplo.

Os pedidos são analisados um a um e, caso sejam aceitos, os estudantes farão as provas nos dias 10 e 16 de janeiro de 2022.

Eles farão a prova juntamente com os participantes do PPL (Pessoas Privadas de Liberdade) e quem se inscreveu após julho, na reabertura da solicitação de isenção. Nessa data, apenas acontecerá a prova impressa.

Como pedir a reaplicação da prova do Enem 2021?

Primeiro, o candidato deve acessar a página do participante (neste link) até sexta-feira (3). É necessário acessar o sistema com CPF e senha.

Depois, deve fazer a descrição completa do ocorrido e justificando o porquê não pôde participar do exame em novembro.

Caso tenha sido doença, ele deverá enviar em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB, o documento com seu nome e assinatura de um profissional de saúde que comprove a condição.

Após fazer a solicitação é necessário ficar atento à Página do Participante, pois, é lá que o resultado deve ser divulgado.

Quem tem direito à reaplicação do Enem?

  • Quem foi impedido de participar devido a problemas logísticos, como: desastres naturais, falta de energia elétrica, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante.
  • Inscritos que tiveram diagnostico de doenças infectocontagiosas, como a Covid-19, coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela.
  • Quem não pôde participar das provas por conta do problema que ocorreu no servidor.
Jornal Midiamax