Cotidiano

Operação dispersa 314 pessoas em aglomerações durante abordagens em Campo Grande

Ao todo, foram 167 estabelecimentos comerciais fiscalizados

Mylena Rocha Publicado em 04/07/2021, às 09h55

Durante o toque de recolher, 183 pessoas foram abordadas nas ruas e orientadas a ficar em casa.
Durante o toque de recolher, 183 pessoas foram abordadas nas ruas e orientadas a ficar em casa. - Divulgação/GCM

Campo Grande continua com restrições para circulação de pessoas com toque de recolher a partir das 23 horas, mas ainda assim a população teima em desrespeitar as medidas. Na noite de sábado (3), 314 pessoas foram dispersas em aglomerações e abordagens. As equipes ainda fiscalizaram 167 estabelecimentos comerciais. 

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) realizou ações de fiscalização nas sete regiões da Capital: Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. Além da fiscalização, a Guarda ainda participou de operação conjunta com Vigilância Sanitária. 

Ao todo, foram 167 estabelecimentos fiscalizados, sendo que três foram notificados. Na operação, 314 pessoas foram dispersas em aglomerações e abordagens. Durante o toque de recolher, 183 pessoas foram abordadas nas ruas e orientadas a ficar em casa. 

A fiscalização ainda atuou em três denúncias de aglomeração em residências. Conforme dados da GCM, o número 153 recebeu 286 ligações somente no sábado (3), sendo que 171 eram sobre descumprimento das medidas de controle ou restrição.

Também foi realizada uma operação para reduzir acidentes no trânsito, parceria da GCM com o Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran. Ao todo, foram feitas 188 abordagens, sendo 142 carros e 46 motos. Conforme dados, 188 condutores passaram pelo teste do bafômetro, mas 16 recusaram. Foi flagrado um caso de motorista que dirigia sob influência do álcool.

Jornal Midiamax