Nos primeiros dias de janeiro, MS já soma 127 notificações e 7 casos confirmados de dengue

O SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou, nesta quarta-feira (13), o primeiro boletim epidemiológico de dengue. Nas primeiras semanas de janeiro deste ano, Mato Grosso do Sul já soma 127 notificações e 7 casos confirmados da doença. De acordo com o balanço, os primeiros registram são do interior do Estado, em Rio Brilhante (4), Antônio […]
| 13/01/2021
- 18:40
Nos primeiros dias de janeiro, MS já soma 127 notificações e 7 casos confirmados de dengue
(Foto: Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax) - (Foto: Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax)

O SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou, nesta quarta-feira (13), o primeiro boletim epidemiológico de dengue. Nas primeiras semanas de janeiro deste ano, Mato Grosso do Sul já soma 127 notificações e 7 casos confirmados da doença.

De acordo com o balanço, os primeiros registram são do interior do Estado, em Rio Brilhante (4), Antônio João (1), Bela Vista (1) e (1). Quando comparado ao ranking estadual, a cidade de Três Lagoas registra a maior parte dos casos prováveis de dengue.

Campo Grande ainda não registra nenhuma notificação da doença ou caso confirmado. Durante pandemia e , o Estado obteve a taxa de 15% a menos de casos de dengue em 2020, comparado ao ano anterior, conforme a secretaria.

No ano passado registrou 72.751 casos de dengue, enquanto em 2019 foram 85.643. Embora a redução, o Estado fechou o ano ocupando o segundo lugar no ranking nacional com maior incidência.

Embora o baixo número comparativo, 2020 registrou 42 vítimas fatais em decorrência da doença, enquanto em 2019 foi de 32.

A orientação da secretaria é monitorar os focos com água parada. Tradicionalmente, janeiro registra chuvas rápidas, o que pode aumentar as chances de acúmulo de água em pequenos recipientes.

Outra dica de prevenção é usar roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia e que proporcionem alguma proteção às picadas; repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo, sendo recomendado o uso também nas crianças; Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos.

Veja também

Últimas notícias