Cotidiano

Nioaque inicia vacinação contra Covid-19 em idosos de 65 anos e comunidades quilombolas

A Prefeitura de Nioaque, a 190 quilômetros de Campo Grande, iniciou nesta segunda-feira (22) a vacinação em idosos com 65 anos, comunidades quilombolas e aldeias indígenas da região. Além do novo grupo, vacinação continua em moradores acima de 70 anos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, moradores do grupo que ainda não receberam a primeira […]

Karina Campos Publicado em 23/03/2021, às 10h37

Vacinação em comunidades quilombolas. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Nioaque)
Vacinação em comunidades quilombolas. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Nioaque) - Vacinação em comunidades quilombolas. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Nioaque)

A Prefeitura de Nioaque, a 190 quilômetros de Campo Grande, iniciou nesta segunda-feira (22) a vacinação em idosos com 65 anos, comunidades quilombolas e aldeias indígenas da região. Além do novo grupo, vacinação continua em moradores acima de 70 anos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, moradores do grupo que ainda não receberam a primeira dose podem procurar o posto de saúde e ser imunizado, já que a cidade está no prazo estabelecido para receber a segunda dose.

“Nioaque é um dos poucos municípios do Brasil onde a imunização através da vacina já está disponível para idosos com 65 anos ou mais, além dos demais grupos prioritários. A vacinação só é possível graças a nova remessa de imunizantes enviados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Ao todo, cerca de 2,7 mil doses já foram aplicadas, de acordo com o painel do vacinômetro.

Para receber a vacina, o idoso deve apresentar RG (documento com foto), CPF E Cartão SUS. A vacinação está sendo feita no ESF Urbano II – Antônio Coronel, de segunda a sexta-feira a partir das 08h.

Jornal Midiamax